Viajando de trem pela Itália e pela Europa

Não tem nada mais fácil do que viajar de trem pela Itália e pela Europa. Os trilhos cortam grande parte do território europeu, as passagens são mais em conta do que dos vôos e, o que na minha opinião é o melhor de tudo: a escapada dos aeroportos.

Viagens de até 3 ou 4 horas são, sem sombra de dúvidas, mais vantajosas via trem do que pelo ar.

Se já tiver o bilhete em mãos, ou ao menos para retirá-lo diretamente na estação, basta chegar poucos minutos antes da partida do trem. E embarcar! Facílimo.

Deve-se prestar atenção, contudo, ao tamanho da mala. Levar mala grande no trem é um inconveniente enorme, porque cabe a você carregá-la e descarregá-la do trem, e para que ela fique sob seu olhar, só se couber no compartimento em cima das poltronas.

Se for maior do que isso, os vagões normalmente têm espaços perto das portas, onde se pode deixar malas maiores – se não estiverem todos ocupados. Mas ficam longe do seu lugar, portanto uma alternativa é passar um cadeado de bicicleta na mala e na prateleira. Assim você não deixa sua bagagem “dando sopa”.

Procure pesquisar sempre pelos trens mais velozes e que trazem menos paradas pelo caminho.

Para compra de bilhetes referentes a viagens pela Itália, visite o site da Trenitalia.

Para percursos Europa afora, o site da Rail Europe.

E boa viagem!