Tour China: Pequim

Por Teresa Perez Tours 

A capital da República Democrática da China representa a síntese de toda tradição e história que envolve esta nação marcada por revoluções, guerras, espiritualidade e inúmeras dinastias, numa longa e emocionante trajetória.

A forte herança de uma cultura milenar, reforçada pelo punho de ferro do regime comunista, resultou em uma disciplina social nunca encontrada em outro país do mundo. O que o povo chinês se determina a fazer, ele faz. E em nenhum outro lugar da China esta característica fica tão evidente quanto em sua capital.

Pequim Foto: Teresa Perez Tours

Pequim
Foto: Teresa Perez Tours

Além da modernidade do intrincado sistema de imensos boulevards e anéis viários ao redor da cidade, Pequim oferece em abundância a visão de templos exóticos, parques e tesouros arquitetônicos e culturais que ajudam a compor o seu cenário vibrante e apaixonante.

Pequim Foto: Teresa Perez Tours

Pequim
Foto: Teresa Perez Tours

*O que fazer?

Cidade Proibida

Localizada no centro de Pequim, Cidade Proibida é o nome popular do Palácio Imperial da China, que começou a ser construído em 1420, durante a dinastia Ming.

No eixo central da obra encontram-se três grandes pavilhões – o Pavilhão da Harmonia Suprema, o Pavilhão da Harmonia Central (reservado para um descanso ou ensaios de discursos do Imperador) e o Pavilhão da Harmonia Preservada (para banquetes e exames), conhecidos pela Corte Exterior, onde o Imperador recebia as autoridades provinciais e conduzia o destino do país.

Cidade Proibida Foto: Teresa Perez Tours

Cidade Proibida
Foto: Teresa Perez Tours

O Imperador e suas mulheres e concubinas viviam na Corte Interior, nos palácios da Pureza Celestial, Tranquilidade Terrestre e da União Celeste e Territorial. 6 palácios a leste e outros 6, a oeste, completam a disposição dos edifícios, que alojavam 70 mil eunucos e cerca de três mil concubinas. As pessoas comuns estavam proibidas de entrar na cidade. No topo norte da cidade, figurava o jardim imperial, com 12 mil m². Construído dentro do conceito da mais pura tradição chinesa, é um excelente local para descansar depois de uma longa visita.

Caminhar por este conjunto arquitetônico e conhecer as histórias de honra, poder e disciplina das muitas dinastias que formaram o caleidoscópio da China Milenar, constitui por si só, uma incrível experiência. Numa tradução literal do chinês, seria obtido algo como Cidade Proibida Púrpura, nome advindo do fato de somente o imperador, sua família e empregados especiais terem a permissão para entrar no conjunto de prédios do palácio.

Templo do Céu

Construído em 1420 durante a dinastia Ming, o intuito do templo era ser local de orações, oferta de sacrifícios ao céu e aos deuses, e pedidos de proteção. É considerado como um dos locais históricos mais bem preservados da China e um dos pontos mais visitados da cidade, que chega a receber 12 milhões de pessoas por ano – sendo muito frequentada pelos chineses para a prática de tai-chi.

Templo do Céu Foto: Teresa Perez Tours

Templo do Céu
Foto: Teresa Perez Tours

Bairro 798

Com mais de 300 galerias, o distrito de Dashanzi (798), antiga região industrial no norte de Pequim, exibe o melhor da arte contemporânea chinesa.

Bairro 798 Foto: Teresa Perez Tours

Bairro 798
Foto: Teresa Perez Tours

Grande Muralha

Impressionante feito da engenharia, a Grande Muralha da China é o monumento símbolo da civilização chinesa, estendendo-se por 7.300km e sendo a única construção no planeta a ser vista da lua.

O traçado e as características atuais da Grande Muralha foram concluídos durante a dinastia Ming, a primeira a utilizar tijolos produzidos com a ajuda de outra inovação chinesa, as olarias. A obra se estendeu por mais de 200 anos. Além dos tijolos, alguns pesando 12 quilos, a fortificação foi ornamentada com pedras que exigiam oito pessoas para carregá-las.

Grande Muralha da China Foto: Teresa Perez Tours

Grande Muralha da China
Foto: Teresa Perez Tours

As paisagens que cercam sua extensão são surpreendentemente belas, conferindo poesia atemporal a uma visita inesquecível. Um dos maiores ícones da humanidade, a muralha foi tombada pela Unesco em 1987. A partir de Pequim é possível conhecer vários trechos do monumento.

*Onde comer?

Brian McKenna @ The Courtyard

Considerado um dos melhores restaurantes de toda a China, serve especialidades da cozinha contemporânea e uma extensa carta de vinhos. Tem uma belíssima vista panorâmica do Portão leste da Cidade Proibida e uma galeria que abriga diversas exposições de arte chinesa.

Brian McKenna @ The Courtyard Foto: Teresa Perez Tours

Brian McKenna @ The Courtyard
Foto: Teresa Perez Tours

Onde encontrar:

95, Donghuamen Dajie
Tel: 86 10 65268883
www.bmktc.com

The China Club

O restaurante mais exclusivo da China, localizado em um antigo palácio totalmente restaurado, com cozinha típica regional e frequentado por políticos, artistas e executivos da sociedade chinesa.

The China Club Foto: Reprodução

The China Club
Foto: Reprodução

Onde encontrar:
51, Xirong Xian Hutong
Tel: 86 10 66038855

The Green T. House

Com uma atmosfera muito sofisticada e elegante, apresenta cozinha especializada em comida chinesa contemporânea, usando em suas receitas chás e folhas.

Green T House Foto: Teresa Perez Tours

The Green T House
Foto: Teresa Perez Tours

Onde encontrar:
318 Cuige Zhuang Xiang Hege. Chaoyang District
Tel: 86 10 64342519
www.green-t-house.com

*Onde ficar?

Aman at Summer Palace, Pequim

O Aman at Summer Palace, Pequim, com sua arquitetura que explora as características tradicionais chinesas, é exemplo de integração com a natureza.

Foto: Aman at Summer Palace

Foto: Aman at Summer Palace

O projeto do resort e seus serviços cheios de capricho e atenção se equilibram entre o requinte do passado e o conforto moderno.

Foto: Aman at Summer Palace

Foto: Aman at Summer Palace

Foto: Aman at Summer Palace

Foto: Aman at Summer Palace

Onde encontrar:
www.amanresorts.com/amanatsummerpalace

The Peninsula Pequim

The Peninsula Pequim exibe arquitetura arrojada, e oferece confortáveis quartos com decoração clássica e elegante mobiliário de linhas simples.

Foto: Hotel The Peninsula

Foto: The Peninsula

Foto: The Peninsula

Foto: The Peninsula

Em um ambiente com o autêntico estilo chinês, o restaurante Huang Ting serve pratos sofisticados da tradicional cozinha cantonesa.

Onde encontrar:
www.beijing.peninsula.com

Four Seasons Hotel Pequim

Irradiando todo o calor de seus arredores, o Four Seasons Hotel Pequim está em Yansha, epicentro da zona de entretenimento mais dinâmica da cidade.

Foto: Four Seasons Hotel Pequim

Foto: Four Seasons Hotel Pequim

Dispostos em torno de um imponente átrio, cada uma das suas 313 acomodações é um refúgio contemporâneo equipado com conforto e sofisticação, recriando uma atmosfera residencial acolhedora.

Foto: Four Seasons Hotel Pequim

Foto: Four Seasons Hotel Pequim

Como uma trégua das demandas energéticas da vida urbana moderna, o spa combina ingredientes chineses indígenas com algumas das terapias mais avançadas do mundo, incluindo tratamentos desenvolvidos especialmente para crianças. Em ambiente convidativo, os dois restaurantes servem deliciosas criações culinárias – uma requintada cozinha chinesa no Cai Yi Xuan e a sempre deliciosa gastronomia italiana no Mio. No Tea Garden, os hóspedes podem desfrutar da milenar tradição chinesa de apreciar calmamente uma reconfortante xícara de chá.

Foto: Four Seasons Hotel Pequim

Foto: Four Seasons Hotel Pequim

Onde encontrar:
www.fourseasons.com/beijing

Consulte-nos para ter seu roteiro personalizado por Magari blu e Teresa Perez Tours:

[email protected]