Refund nos EUA: satisfação garantida, ou seu dinheiro de volta

Dicas de NY por Gisela Gueiros

Nada melhor do que fazer compras nos Estados Unidos! Além dos preços camaradas, aqui é possível fazer um “refund” – reembolso – de um produto que você comprou e depois se arrependeu. Mesmo online (dependendo da empresa) dá para adquirir itens e depois devolvê-los, sem custo extra. Basta colocar a etiqueta de devolução e seu dinheiro será creditado de volta na conta.

Muitas vezes não é preciso nem o recibo… Você só precisa mostrar seu cartão de crédito e eles baixam no sistema todas as suas últimas compras naquela loja. Essa possibilidade deixa a gente mal acostumado. Eu, por exemplo, já cheguei a comprar – e devolver – cinco vestidos para um casamento antes de encontrar o modelito ideal. Mas dá um alívio saber que você tem o direito de se arrepender! E aqui nem é preciso inventar uma desculpa esfarrapada, os vendedores nem querem saber. O gesto é encarado como um “direito do consumidor”.

Para roupas íntimas e maquiagens a regra não se aplica, claro. E muita gente que vem de fora abusa dessa facilidade para dar truques: compra, usa, e devolve…

Um dos segredos para poder aproveitar ao máximo os “refunds” é fazer compras em lojas de departamento. Por quê? Na loja de departamentos, você pode se arrepender da compra e trocar por produtos de outras marcas. Lojas de grifes como Celine, Alexander Wang, Isabel Marant, etc, não costumam ter a política do reembolso. Se você quiser devolver o que comprou, tem apenas alguns dias para fazer a troca e não recebe o dinheiro de volta, fica apenas com um crédito na própria loja para ser usado geralmente por tempo ilimitado.

Confesso que fiquei tão acostumada com esse esquema e outro dia fiz a besteira de comprar algo sem antes checar a política de devolução. Acabei micando com um produto… Por isso, a moral da história da coluna de hoje é: compre sempre em lojas de departamentos e fique de olho nas regras específicas de cada marca/loja. 😉

EUA

Foto: Reprodução/The Digerati Life

*Autora do site Taxi Amarelo, Gisela Gueiros mora em Nova York desde 2007. Em sua coluna, ela divide com a gente tudo o que a cidade tem de mais incrível para oferecer.