Quito, a charmosa capital do Equador

Com aproximadamente 2,2 milhões de habitantes, Quito mescla modernidade aos cenários antigos do seu reconhecido Centro Histórico – o maior e melhor conservado da América Latina – características que a tornaram a 1ª capital do mundo nomeada Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO, em 1978.

Quito Foto: Reprodução

Quito
Foto: Reprodução

Situada no lado ocidental da Cordilheira dos Andes, a cidade está a 2.800 metros acima do nível do mar e ostenta paisagens espetaculares, com um clima montanhoso sempre agradável.

Quito Foto: Reprodução

Quito
Foto: Reprodução

*O que fazer?

A metrópole tem rica arquitetura e edifícios patrimoniais, que contam sua história desde as épocas pré-colombiana e colonial, como a Plaza Grande e a Igreja Compania de Jesus.

Plaza Grande  Foto: Reprodução

Plaza Grande
Foto: Reprodução

Igreja Compania de Jesus Foto: Reprodução

Igreja Compania de Jesus
Foto: Reprodução

Igreja Compania de Jesus Foto: Reprodução

Igreja Compania de Jesus
Foto: Reprodução

Além disso, seus mais de 50 museus retratam a evolução cultural local com elementos antigos e obras de artistas contemporâneos regionais e internacionais.

A 13 quilômetros de distância da linha do Equador, na latitude 0º 0’ 0”, Quito é reconhecida mundialmente como a cidade “Metade do Mundo”. No local, foi fundado um monumento no qual turistas se divertem com as curiosidades, como colocar um pé no hemisfério Norte e outro no Sul.

Monumento Metade do Mundo  Foto: Reprodução

Monumento Metade do Mundo
Foto: Reprodução

Com inúmeros atrativos turísticos, a capital equatoriana atrai visitantes de diferentes partes do mundo e se torna o lugar perfeito para férias em família, amigos ou uma romântica viagem a dois.

Oferece opções de compras, hotéis, restaurantes, parques e o agito da vida noturna. Um dos principais passeios é o teleférico, que alcança 4.050 metros de altura e proporciona uma privilegiada vista panorâmica do destino.

Teleférico Foto: Reprodução

Teleférico
Foto: Reprodução

A bordo de um trem que parte da Estação Ferroviária de Chimbacalle, localizada ao sul de Quito, é possível apreciar a vida rural quitenha e também conhecer a famosa Avenida dos Vulcões, nome dado pelo explorador alemão Alexander Von Humboldt aos Andes equatorianos.

Um dos vulcões mais ativos da Cordilheira dos Andes no Equador, o Cotopaxi é monitorado constantemente desde 1986 e está localizado a 50 quilômetros ao sudeste de Quito, separado por montanhas e vales – leia mais aqui.

Vulcão Cotopaxi Foto: Reprodução

Vulcão Cotopaxi
Foto: Reprodução

Mas atenção: no último dia 14 de agosto, a Secretaria Nacional de Gestão de Riscos de Quito declarou alerta amarelo nas províncias de Cotopaxi, Pinchincha e Tungurahua, vilarejos localizados nos arredores do vulcão Cotopaxi, devido à emissão de cinzas na região.

Em decorrência do comunicado, o Parque Nacional Cotopaxi e a Área Nacional de Recreação El Boliche restringiram a entrada de turistas até novo aviso. Portanto, se você estiver com as malas prontas para o Equador, considere outros passeios como a Reserva Antisana e o Parque Nacional Cayenbe – Coca.

Reserva Antisana Foto: Reprodução

Reserva Antisana
Foto: Reprodução

Em Quito, no entanto, a cidade segue vida normal e não há motivo para alarde. A atividade do Cotopaxi não apresenta risco para viajantes que visitam a cidade e não foi reportada nenhuma emergência relacionada ao assunto.

*Gastronomia local

A gastronomia quitenha reúne diferentes elementos culturais, com forte influência andina e ibérica nas receitas contemporâneas.

O locro de batatas, o canelazo e o doce de figos com queijo se sobressaem como opções imperdíveis nos cardápios dos restaurantes e mercados típicos.

Doce de figo com queijo Foto: Reprodução

Doce de figo com queijo
Foto: Reprodução

*Onde ficar?

Casa Gangotena

O hotel boutique está localizado no centro histórico de Quito – leia mais aqui.

Casa Gangotena Foto: Divulgação

Casa Gangotena
Foto: Divulgação

O terraço do hotel tem uma bela vista panorâmica da cidade.

Casa Gangotena Foto: Divulgação

Casa Gangotena
Foto: Divulgação

Os 31 apartamentos têm decoração clássica e refinada.

Casa Gangotena Foto: Divulgação

Casa Gangotena
Foto: Divulgação

Onde encontrar:

Bolivar Oe6-41 y Cuenca, Centro Histórico, Quito
www.casagangotena.com

Le Parc Hotel

O hotel design tem ambientes modernos e luxuosos.

Le Parc Hotel Foto: Divulgação

Le Parc Hotel
Foto: Divulgação

Le Parc Hotel Foto: Divulgação

Le Parc Hotel
Foto: Divulgação

Alguns quartos foram projetados por Philippe Stark. Está localizado na parte comercial e financeira de Quito.

Le Parc Hotel Foto: Divulgação

Le Parc Hotel
Foto: Divulgação

Onde encontrar:

República de El Salvador, 34 – 349 e Irlanda, Quito
www.leparc.com.ec

Hilton Colon Quito

Localizado no centro de Quito, o Hilton Colon Quito Hotel dispõe de piscina aquecida ao ar livre, spa, 4 restaurantes e um lounge executivo.

Hilton Colon Quito Foto: Divulgação

Hilton Colon Quito
Foto: Divulgação

Hilton Colon Quito Foto: Divulgação

Hilton Colon Quito
Foto: Divulgação

Os quartos são espaçosos e oferecem vista panorâmica da cidade e das montanhas.

Hilton Colon Quito Foto: Divulgação

Hilton Colon Quito
Foto: Divulgação

Onde encontrar:

Amazonas, 1914 y Patria Avenida, 1, Quito
www3.hilton.com/en/hotels/ecuador/hilton-colon-quito

Está na nossa bucket list!

Leia aqui mais dicas do Equador.

Ana Maria Junqueira está sempre viajando pelo mundo. É editora do Magari blu, consultora em viagens e a embaixadora de viagens da Perrier no Brasil.