Passeios em Praga

Praga, a capital da República Tcheca, é uma cidade pequenina e encantadora. É possível conhecê-la a pé e uma ótima ideia é agendar um guia para isso, pois assim é possível visitar locais, ruas e cantinhos que poderiam passar despercebidos e, o melhor, ouvir a história de cada um deles.

Cidade Velha, Cidade Nova e o Complexo do Castelo são as zonas mais importantes de Praga e por onde você deve passear. É bacana também conhecer Kampa, a ilha que fica no rio Vtlava. Para ir até a Cidade Nova, ou quem sabe mesmo na Cidade Velha em um dia mais relax, os antigos carros conversíveis vermelhos que fazem tour pela cidade são uma pedida confortável e romântica.

+IMG_9426

Praga vista da Charles Bridge
Foto: magari blu

+IMG_9530

De conversível antiguinho: jeito confortável e romântico de conhecer Praga
Foto: magari blu

+IMG_9527

Tour de conversível, com o bondinho à frente
Foto: magari blu

Vale dizer que quem visita a Praga de hoje e a compara com a época do comunismo na antiga Checoslováquia constata: agora a cidade é muito mais alegre, com música pelas ruas – o que era proibido outrora. Mais uma razão para voar até lá!

Siga o roteiro de um belo passeio por Praga:

– Charles Bridge:

É a principal ponte de Praga, que corta o rio Vltava, unindo a área do Castelo de Praga ao centro histórico, na Cidade Velha. A sua construção foi finalizada no século XV e o nome atual é em homenagem ao rei Charles VI. É repleta de monumentos e histórias, e linda de se cruzar de dia ou à noite.

+IMG_9422

Charles Bridge
Foto: magari blu

+IMG_9425

Detalhe da Charles Bridge
Foto: magari blu

– John Lennon Wall:

O muro em homenagem a John Lennon fica em Kampa, a ilha no rio, cujo acesso se faz por uma escada ao lado esquerdo da ponte, quando se cruza em direção ao Castelo.

+IMG_9429

A escadaria que leva à ilha de Kampa
Foto: magari blu

As pichações e o graffiti se iniciaram nos anos 80 enaltecendo o cantor e o grupo The Beatles. Em constante alteração, basta levar o seu spray e deixar a sua assinatura se quiser fazer parte do muro mais conhecido de Praga.

+IMG_9432

John Lennon Wall
Foto: magari blu

– Menino Jesus de Praga:

A famosa imagem do Menino Jesus está na igreja em Malá Strana e foi presente de uma família espanhola. Dizem que a primeira dona teria sido Santa Teresa. A veste é alterada conforme o dia ou época, tendo cores especiais para os dias de Páscoa e das comemorações natalinas, por exemplo.

+IMG_9436

Menino Jesus de Praga
Foto: magari blu

– Complexo do Castelo de Praga:

– Biblioteca do Monastério:

Vale a visita, ainda que não seja possível adentrar efetivamente as duas salas expostas e nem folhear os preciosos livros ali guardados. Isso porque é, sem dúvida, uma das mais belas bibliotecas da Europa e só de estar ali contemplando aquela maravilha já vale!

Atenção aos horários de abertura: diariamente das 9h às 16h45, sendo que das 11h45 às 13h está fechada para almoço. Para obter permissão para fotos é necessário o pagamento de um adicional e a identificação com um selo colado à roupa.

+IMG_9441

Biblioteca do Monastério
Foto: magari blu

+IMG_9438

Strahovsky, a Biblioteca
Foto: magari blu

bibli1

O interior da biblioteca
Foto: magari blu

bibli2

Teto pintado e estantes de madeira fazem da
Biblioteca do Monastério uma das mais belas da Europa
Foto: magari blu

– Castelo de Praga e Catedral S. Vito:

O Castelo era um dos refúgios preferidos da rainha Maria Teresa, que ordenou a construção do pátio, onde acontece hoje a troca da guarda.

+IMG_7563

Castelo de Praga
Foto: magari blu

+IMG_9453

Pátio do Castelo
Foto: magari blu

A principal troca de guarda diária é ao meio dia, acompanhada de música e centenas de turistas curiosos.

+IMG_7564

A troca da guarda
Foto: magari blu

No Complexo do Castelo, está a belíssima Catedral S. Vito, que levou nada mais que 600 anos para ficar pronta. É a 6ª maior da Europa.

+IMG_9455

Catedral S. Vito
Foto: magari blu

+IMG_9460

Catedral S. Vito
Foto: magari blu

+IMG_9458

O interior da Catedral
Foto: magari blu

Além da Biblioteca e da Catedral, no complexo estão ainda duas igrejas, Ressurreição de Maria e Santa Úrsula. E, por estar ao alto, tem-se um visual maravilhoso do restante da cidade, que pode ser contemplado de vários pontos.

+IMG_9465

Praga vista do Castelo
Foto: magari blu

+IMG_9445

As parreiras e Praga vista ao fundo
Foto: magari blu

Dá para curtir a vista ainda no restaurante Bella Vista e no Wine Bar entre as parreiras.

+IMG_9468

Wine Bar
Foto: magari blu

+IMG_9467

As parreiras
Foto: magari blu

– Centro histórico (Cidade Velha):

É parada obrigatória para os viajantes em Praga. É onde estão localizados os prédios mais antigos da cidade, além do famoso relógio astronômico.

+IMG_9478

Cidade Velha
Foto: magari blu

+IMG_9479

Cidade Velha
Foto: magari blu

+IMG_9513

Fachada do Museu Nacional de Praga
Foto: magari blu

– Orloj, o relógio astronômico:

É um relógio astronômico medieval, montado na parede da Prefeitura Municipal da Cidade Velha. De hora em hora, o show mecânico dos Apóstolos hipnotiza centenas de turistas, que ficam encantados com a performance. Além da caminhada dos Apóstolos, é composto pelo mostrador astronômico, que representa a posição do Sol e da Lua no céu, e pelo mostrador-calendário, com medalhões que representam os meses.

+IMG_9480

O relógio astronômico
Foto: magari blu

– Compras:

É no bairro judeu onde estão as lojas mais chiques de Praga, sobretudo nas ruas Parizska e Siroka. Não é à toa que é o endereço escolhido pelos magnatas russos que têm propriedades na cidade. Vale um passeio, nem que seja para olhar as vitrines!

As compras em Praga Foto: magari blu

As compras em Praga
Foto: magari blu

– Cidade Nova:

Na Cidade Nova estão as construções mais recentes de Praga, como o divertido prédio Dancing House.

Turistas à margem do rio Vtlava, na Cidade Nova

Turistas à margem do rio Vtlava, na Cidade Nova
Foto: magari blu

– Dancing House:

É o prédio sede da Nationale-Nederlanden, companhia de seguros dos Países Baixos, à margem do rio Vltava. O nome já diz tudo: o movimento de seu traçado lembra um prédio dançando, completamente diferente do restante da arquitetura local.

Foi projetado pelo arquiteto croata-checo Vlado Milunić em conjunto com o arquiteto canadense Frank Gehry. Só de passar na frente e se surpreender com o design, já vale! Mas quem quiser conhecer o prédio por dentro, deve ater-se ao último andar (única parte aberta ao público), onde está o restaurante Celeste.

+IMG_9518

Dancing House
Foto: magari blu

– Outros passeios:

Quando for a Praga, confira ainda as exposições em cartaz na Municipal House e o mercado medieval da Wenceslas Square.

 

Contato da nossa guia em Praga (em inglês):
Sra. Sárka Panusková
[email protected]

*Para conferir mais dicas de Praga, clique aqui!

Ana Maria Junqueira está sempre viajando pelo mundo. É editora do Magari blu, consultora em viagens e a embaixadora de viagens da Perrier no Brasil.