Os passeios em Chicago

Chicago é uma cidade belíssima nos Estados Unidos, que vale a visita.

É famosa por sua arquitetura, que mistura prédios antigos e modernos, e enormes arranha-céus, à beira do Rio Chicago e do Lago Michigan.

Por isso, um dos passeios mais interessantes para se fazer por lá é o tour arquitetônico de barco pelo rio e pelo lago, pelo qual se avistam os prédios mais importantes de Chicago, com a respectiva história contada pelo guia.

Várias companhias oferecem esse passeio, em horários bem variados durante o dia, e basta escolher uma delas na margem do rio (River Walk) e comprar o ticket na hora.

Confiram alguns dos cliques do tour arquitetônico pela água em Chicago:

Chicago vista do Lago Michigan
Foto: magari blu

Passeio pelo Rio Chicago, seguido pelo Lago Michigan
Foto: magari blu

Central Office Building
Foto: magari blu

Willis Tower
Foto: magari blu

35 East Wacker Drive
Foto: magari blu

Acqua
Foto: magari blu

Marina City, O prédio com estacionamento à vista
Foto: magari blu

River Walk, com a Trump Tower ao fundo
Foto: magari blu

Em terra firme, o maior ponto turístico de Chicago é a Cloud Gate, popularmente conhecida como o “Feijão”, escultura de aço do renomado artista Anish Kapoor.

O reflexo da cidade na Cloud Gate, ou o Feijão de Chicago
Foto: Reprodução

O reflexo de baixo do feijão
Foto: magari blu

O bacana da escultura é que, além do seu formato inusitado, ela reflete a cidade por fora e, dentro, espelha a imagem distorcida dos que se aventuram a explorar o interior do Feijão.

A Cloud Gate está localizada no Millenium Park, onde há também o Jay Pritzker Pavilion, uma espécie de auditório ao ar livre desenhado por Frank Gehry, com a enorme estrutura metálica que cobre o palco e os assentos.

São 4.000 lugares sentados, além do gramado que segue as cadeiras, onde são realizados concertos e festivais de música.

Jay Pritzker Pavilion do Millenium Park
Foto: magari blu

Outro passeio que vale a pena em Chicago é subir no arranha-céu Willis Tower, previamente conhecido como Sears Tower.

É simplesmente o edifício mais alto da América do Norte desde 1974, ano da sua construção, tendo sido ainda, por muitos anos, o edifício mais alto de todo o mundo.

Deixe seu medo de altura de lado e suba até o alto da torre, para visitar o sky deck.

O sky deck é um terraço todo de vidro, inclusive seu piso, de onde se tem não só uma vista espetacular da cidade, como ainda a impressão de que se está no ar, voando!

Incrível!

O sky deck do arranha-céu Willis Tower, ex-Sears Tower
Foto: magari blu

O sky deck ao lado
Foto: magari blu

Alto!
Foto: magari blu

E para quem gosta de bichos, a visita ao zoológico de Chicago, o Lincoln Park Zoo, também vale.

Zebra, girafa, rinoceronte, pinguim e urso polar são alguns dos diversos animais do zoo de Chicago!

Urso polar no Lincoln Park Zoo
Foto: magari blu

Por fim, Chicago é a cidade da famosérrima apresentadora Oprah, super adorada por lá.

Quando estive na cidade, participei da gravação de seu programa na rua. Foi bem divertido!

Infelizmente, a Oprah pendurou as chuteiras, mas Chicago é cheia de eventos bacanas e diferentes.

Portanto, quando for a cidade, procure se informar sobre a programação.

O programa da Oprah ao vivo nas ruas
Foto: magari blu

 

E quando ir a Chicago?

Chicago é conhecida como windy city, a cidade do vento. No inverno de lá a cidade fica totalmente sob a neve.

Faz tanto frio em Chicago que até as estações do metrô são subterrâneas para evitá-lo, pois, além das baixas temperaturas, a sensação térmica por causa do vento é sempre de muitos e muitos graus abaixo de zero no inverno!Assim, a melhor época para ir a Chicago é de abril a agosto. A partir de setembro os ventos começam a soprar mais frios e a temperatura começa a cair, em constante queda até março.

Por isso, a primavera e o verão são as épocas ideias para ter uma viagem agradável a Chicago e para aproveitar o tour pelo rio e pelo lago de maneira confortável.

Boa viagem!