O que fazer em Roma no inverno: 5 programas para espantar o frio como os romanos

Roma no inverno é tudo de bom. Primeiro, porque não é tão gelada como outras capitais europeias mais ao norte. Segundo, porque tem friozinho quase sempre com céu azul e ensolarado. E, terceiro, porque é a época mais tranquila da cidade, com menos turistas do que nos meses quentes.

Confira a lista de 5 programinhas deliciosos para curtir Roma como os romanos no inverno:

– Vista o seu piumino e bata perna pelo centro histórico

Não recomendo alugar carro em Roma, nem no frio, porque as ruazinhas são estreitas e o acesso ao centro histórico é restrito a carros de moradores e de quem tem autorização para circular e estacionar livremente.

Mas não se preocupe, pois você não sentirá falta de carro. O centro histórico de Roma é perfeito para se fazer a pé. Quando cansar, ônibus e táxis estão por toda parte (metrô, nem tanto). Confira aqui o roteiro do que não pode deixar de ser visto (caminhando) na capital da Itália.

O traje ideal para dias de frio em Roma é o piumino – já ouviu falar dele? Talvez você nem saiba mas tem um desses no seu armário. São os casacos de nylon fofinhos, forrados com plumas de ganso. São ótimos para cortar o vento e encarar o frio. Todo romano desfila o seu piumino no inverno.

Eu e meu piumino no inverno em Roma Foto: magari blu

Eu e meu piumino no inverno em Roma
Foto: magari blu

– Beba uma taça de vinho numa enoteca

Em Roma é super comum fazer o aperitivo. É aquele drink ou tacinha de vinho, acompanhados de petiscos antes do jantar. No friozinho, nada melhor que um vinho tinto nacional bom e barato para curtir o frio comedido e agradável romano.

São muitos os lugares deliciosos para tomar um vinho no fim do dia. Indico em especial qualquer restaurante ou bar do Campo de Fiori.

– Aposte nas massas romanas sem culpa

No inverno em Roma, não dá para ficar na saladinha caprese. O que eu acho ótimo! Aproveite para degustar as massas típicas romanas cheias de molho e calorias como carbonara, gricia, amatriciana, cacio e pepe… Não tem frio que resista!

IMG00011-20110115-21181

Com trufas negras na Taverna Trilussa
Foto: magari blu

– Aproveite para visitar os museus

Museus como a Galleria Villa Borghese e os museus do Vaticano são imperdíveis e programas um tanto quanto cansativos no calor. Não tem época melhor para visitar esses acervos tão importantes para Roma (e para o mundo) do que no inverno. Após o banho de cultura na Galleria Villa Borghese, vale dar uma voltinha no parque. Mesmo no frio, rola um solzinho delicioso…!

IMG_4349

Villa Borghese
Foto: magari blu

– Faça compras! E tome um sorvetinho depois

Roma no verão é lotada de turistas e de sacolas pelas ruas. No inverno, além da liquidação até meados de fevereiro, tem as coleções novas que chegam às araras. É a melhor época para fazer compras!

Saindo das lindas lojas na Via dei Condotti e na Piazza di Spagna, dê um pulo na sorveteria Ciampini (também vizinha de marcas como Bottega Veneta e Louis Vuitton). Ela fica na Piazza San Lorenzo in Lucina, que é a continuação da Via Frattina, uma travessa da Via del Corso.

Já que o frio não é tão cortante assim, nunca tem tempo ruim para o gelato em Roma. E o bom mesmo é pegar uma casquinha e continuar o passeio a pé!

Ana Maria Junqueira está sempre viajando pelo mundo. É editora do Magari blu, consultora em viagens e a embaixadora de viagens da Perrier no Brasil.