O charme do Marrocos

01/08/2013

Tendências em viagens por Rogéria Pinheiro

Com o novo voo que nos levará de São Paulo direto a Casablanca, operado pela Air Marroc a partir de 20 de dezembro de 2013, o Marrocos volta a figurar como um destino desejado pelos brasileiros. Tenho falado bastante sobre a crescente busca dos viajantes por destinos que encham suas bagagens de aprendizados mais profundos e contagiantes e o Marrocos é um deles.

MARRAKESH1

Marrakech
Foto: Reprodução

PESSOAS

O marroquino
Foto: Reprodução

As peculiaridades, os costumes e a religiosidade dão um certo ar de mistério e encanto, o que fica mais acentuado ainda com a herança deixada pelos franceses, presente na língua e até mesmo na arquitetura que se funde com o forte e vibrante estilo árabe. O povo do Marrocos é muito alegre, festeiro e receptivo, mas ao jeito deles. Não vá pensando que será tratado a “pão de ló” pelas ruas pois não será assim… O marroquino tem orgulho de suas origens, de seu modo de vida e faz questão que seus visitantes vivenciem essa realidade.

arquitetura

Arquitetura marroquina
Foto: Reprodução

Nesse contexto, o que chama mais atenção são as medinas, antigos centros cercados por muralhas que abrigam todo tipo de comércio, casas e hotéis, onde a vida vibra 24 horas por dia com o constante movimento dos locais que parecem ter parado no tempo em seu modo de viver. Dentro das medinas é praticamente impossível se locomover de outra maneira que não seja a pé, mas é muito comum encontrar aqueles que utilizam mulas e até camelos como meio de transporte.

MEDINAFEZ1

Medina de Fez
Foto: Reprodução

Sem mapas ou identificação nas ruas, perder-se entre seus estreitos labirintos é tão comum que meninos “comercialmente bem intencionados” estão sempre prontos a levar os turistas sãos e salvos de volta a seus hotéis. Na Medina de Fez, a maior do mundo árabe, os cheiros são intensos, além das barracas de especiarias que são disputados por chefs do mundo todo, os peculiares açougues expõem carnes de um jeito não muito comum e os curtumes coloridos são fascinantes. E claro que um galhinho de hortelã é muito bem vindo durante essas descobertas.

Já a “menina dos olhos” do país, Marrakesh, encanta a primeira vista e faz um equilíbrio perfeito entre o exótico e o cosmopolita. Badalada, cheia de lojas bacanas e hotéis maravilhosos, a cidade rosa convida seus visitantes a confraternizar na sua principal praça, Djema el Efna, onde todos os dias, ao cair da tarde, as luzes se acendem e ao som de músicos locais é possível experimentar a deliciosa comida. A comida marroquina, aliás, poderia até ser um capítulo à parte, já que a mistura de ingredientes vindos dos berberes do deserto com delícias do mediterrâneo e da França resultou em uma gastronomia única.

GASTRONOMIA

Clique da gastronomia marroquina
Foto: Reprodução

MARRAKESH2

Marrakech
Foto: Reprodução

MARRAKESH5

Marrakech
Foto: Reprodução

A melhor época para curtir o Marrocos é entre novembro e março, quando as temperaturas estão mais amenas. Aliás, Marrakech é animadíssima para o reveillon! Agora é só fazer as malas e embarcar nessa viagem cheia de exotismo e energia.

*Formada em turismo, Rogéria Pinheiro é apaixonada por viagens e pela arte de fazer sonhos. Ao longo de 15 anos construiu uma sólida carreira no mercado de viagens de alto padrão e visitou destinos incríveis. Hoje atua com a sua consultoria especializada junto às mais sofisticadas agências e operadoras de viagens do Brasil. No Magari blu, apresenta aos leitores as tendências em viagens e o que está na moda pelo mundo do turismo.