Mercados pelo mundo

Tendências em viagens por Rogéria Pinheiro

Não é de hoje que os mercados locais vêm ganhando status de must see nas viagens pelo mundo. Visitar um mercado local é uma das maneiras de vivenciar um pouco mais aquele destino, além da oportunidade de conhecer pessoas, observar seu estilo de vida e, em consequência disso tudo, mergulhar e compreender seus costumes.

Essa tendência motivou muitas cidades a repaginar seus mercados, tornando-os espaços gastronômicos que oferecem o melhor dos dois mundos: a diversidade das feiras de rua e o conforto dos restaurantes.

O Mercado de San Miguel, em Madrid, traduz a essência da gastronomia madrileña, onde locais e turistas se reúnem ao final de cada dia para bater papo, degustar uma taça de vinho e deliciar-se com as iguarias locais.

Mercado de San Miguel Foto: Reprodução

Mercado de San Miguel
Foto: Reprodução

Mercado de San Miguel Foto: Reprodução

Mercado de San Miguel
Foto: Reprodução

Mercado de San Miguel Foto: Reprodução

Mercado de San Miguel
Foto: Reprodução

Em Florença, o Mercado Central de San Lorenzo é imperdível. Em 2014 foi inaugurado um espaço moderno e charmoso cheio de pequenos restaurantes, bares e sorveterias.

Mercado Central de San Lorenzo Foto: Reprodução

Mercado Central de San Lorenzo
Foto: Reprodução

Além disso, inúmeras barracas aguçam os sentidos dos visitantes com tantas cores e aromas de suas frutas, legumes, pães, queijos, entre outros produtos frescos.

Mercado Central de San Lorenzo Foto: Reprodução

Mercado Central de San Lorenzo
Foto: Reprodução

Mercado Central de San Lorenzo Foto: Reprodução

Mercado Central de San Lorenzo
Foto: Reprodução

Sem tanto glamour mas nem por isso menos interessante, é o Mercado San Pedro em Cusco, no Peru. Na minha visita à cidade, fiz questão de visitá-lo e recomendo!

Lá você encontra as típicas tendas de artesanatos e tecidos, mas o mais interessante é ter a chance de conhecer os produtos consumidos pelos cusqueños, oferecidos em barraquinhas e até mesmo em panos estendidos no chão, pela mulheres quechua.

Poucos turistas frequentam o mercado e se você estiver com um guia local poderá aprender muito sobre a gastronomia local, sua maneira de cultivo e compreenderá a importância e devoção que os quechua dedicam à terra.

Mercado San Pedro Foto: Reprodução

Mercado San Pedro
Foto: Reprodução

Mercado San Pedro Foto: Reprodução

Mercado San Pedro
Foto: Reprodução

Mercado San Pedro Foto: Reprodução

Mercado San Pedro
Foto: Reprodução

Também na América do Sul, o Mercado del Puerto, localizado no centro histórico de Montevidéo e aberto desde 1868, é um paraíso para os amantes da boa carne.

O carro chefe dos restaurantes do local é a parrillada – prato feito com diversos tipos de carnes assadas na parrilla – uma churrasqueira a base de lenha. O Mercado del Puerto abriga diversos bares e restaurantes, mas nada de outros produtos como frutas, legumes e artesanato.

Mercado del Puerto Foto: Reprodução

Mercado del Puerto
Foto: Reprodução

Mercado del Puerto Foto: Reprodução

Mercado del Puerto
Foto: Reprodução

No Brasil o destaque fica para o Mercado Ver-o-Peso em Belém, Pará.

Inaugurado em 1625, nas margens da Baía do Guarajá, a maior feira livre da América Latina oferece uma verdadeira viagem na cultura da Amazônia.

O movimento começa ainda de madrugada, quando os pescadores descarregam suas mercadorias – pirarucus, dourados, tucunarés, entre outros.

Na área externa, inúmeras barracas cheias de frutas da região, temperos, artesanato, pratos típicos e, é claro, ervas e óleos medicinais que prometem verdadeiros milagres a seus consumidores, tudo isso aliado ao carisma e simplicidade do povo local. Vale a viagem.

Mercado Ver-o-Peso Foto: Reprodução

Mercado Ver-o-Peso
Foto: Reprodução

Mercado Ver-o-Peso Foto: Reprodução

Mercado Ver-o-Peso
Foto: Reprodução

Mercado Ver-o-Peso Foto: Reprodução

Mercado Ver-o-Peso
Foto: Reprodução

Outros mercados bacanas pelo mundo: Chelsea Market em New York; Tsukuji Market em Toquio; Mercado Municipal de São Paulo; Naschmarkt em Viena e Real Food Market em Londres.

Em sua próxima viagem, não deixe de reservar um tempo para visitar os principais mercados das cidades que visitará. Com certeza serão experiências memoráveis.

Fale conosco para organizar a sua viagem:

[email protected]

Formada em turismo, Rogéria Pinheiro é apaixonada por viagens e pela arte de fazer sonhos. Ao longo de 15 anos construiu uma sólida carreira no mercado de viagens de alto padrão e visitou destinos incríveis. Hoje atua com a sua consultoria especializada junto às mais sofisticadas agências e operadoras de viagens do Brasil. No Magari blu, apresenta aos leitores as tendências em viagens e o que está na moda pelo mundo do turismo.