Mala de viagem para a Ásia e Oriente Médio: o que levar e onde comprar

Mala de viagem por Flávia Machado

O post de hoje vai para quem está planejando uma viagem para o Oriente Médio (Turquia, Jordânia, Irã, Israel, Egito, Emirados Árabes, entre outros) ou para o que chamamos de Ásia (Índia, Indonésia, Tailândia, Myanmar, Vietnam, etc.).

Há que ter cuidado com as roupas que levamos, especialmente por conta da religião e cultura de cada lugar, e mais ainda o que é permitido e o que não é para entrar nos templos e nos lugares sagrados.

Em muitos desses lugares é proibido mostrar as pernas (e estamos falando do joelho para baixo também). Para alguns templos tornozelos à mostra também são uma ofensa.

Em muitos lugares da Índia, por exemplo, nem os ombros podem estar à mostra. Basta lembrar de como são os sáris que as indianas usam. Pernas e ombros cobertos, mas a barriga até pode estar visível.

Vale anotar que roupa justa, colada no corpo ofende do mesmo jeito, mesmo que você esteja com quase 100% do corpo coberto. Portanto, evitar leggings, calças skinny justas e blusas agarradas.

Em alguns templos, pedem para usarmos lenços na cabeça ou até prender o cabelo.

Ainda assim – em algumas mesquitas (muçulmanas) – podem exigir que você use um traje longo e de mangas compridas (uma burca ou xador). Mas fique tranquila porque eles alugam esses trajes na porta. Lembre-se de que as mulheres sofrem mais exigências para que fiquem cobertas do que os homens. Mas os mesmos cuidados valem para os turistas do sexo masculino. Evitar o uso de bermudas e roupas muito justas em viagens desse tipo é uma boa precaução.

 

Então, o que levar? Como se vestir?

As opções mais “seguras” são:

*Pantalonas com camisetas sem frases (para não correr o risco de gerar polêmica);

*Saias longas bem confortáveis (sem fendas) e mais soltinhas no corpo também com camisetas ou blusas de manga (não vale regata por conta dos ombros);

*Vestido com manga curta ou longa até os joelhos, mas usado com legging por baixo;

* E, para os homens, calça comprida e camisetas (ou camisas) com manga e não muito agarradas no corpo.

Então vamos ao check list da mala de viagem para Oriente Médio e Ásia:

*Partes de baixo longas e soltinhas – pantalonas (pantacourts não entram nesta lista porque mostra o tornozelo), calça tipo pijama e saias longas;

*Partes de cima que cubram os ombros e sem decotes exagerados – t-shirts (de preferência sem frases ou desenhos polêmicos) ou blusas com manga;

*Vestidos com manga;

*Legging (para usar por baixo dos vestidos acima);

*Roupas soltas, longas e fresquinhas de preferência (cheque a previsão do tempo, mas quase sempre está quente por lá!);

*Lenços e echarpes leves para cobrir colo, pescoço e/ou cabeça (no mínimo dois, mas pode levar mais já que não ocupam muito espaço na mala);

*Prendedores de cabelo não podem faltar na bolsa/mochila (caso seja exigido cabelos presos em algum templo);

*Sapatos confortáveis – podem ser sandálias ou chinelos por conta do calor, e que sejam fáceis de tirar e pôr, já que só se entra descalço em alguns templos;

*Para os homens, melhor apostar no tênis ou sapato fechado para não correr o risco de não poder entrar num restaurante ou hotel.

E abaixo algumas lojas onde você pode encontrar os itens para esta viagem:

*Lenços e Echarpes:

Souq
www.souqstore.com.br

CAS
www.casmoda.com.br

*Para ir bem a caráter – roupas indianas/kaftans/etc:

Geeta
www.geeta.com.br

Casa Lakshmi
www.casalakshmi.com.br

* Roupas confortáveis e soltinhas:

Flávia Aranha
flaviaaranha.com

Acolá Conceito
www.acolaconceito.com.br

Farm Rio
www.farmrio.com.br

Totem
www.totemnet.com.br

Richards
www.richards.com.br

*Batas e Kaftans:

Batô Batô
www.batobato.com.br

Cabana Crafts
www.cabanacrafts.com.br

Augustana
www.augustana.com.br

Souq
www.souqstore.com.br

*Sapatos Confortáveis: 

Uncle K
www.unclek.com.br

Outer
www.outershoes.com.br

Ana Capri
www.anacapri.com.br

Boa viagem!

Fale conosco para organizar a sua viagem:

[email protected] 

Flávia Machado é bisneta de uma profissional da alta costura e, desde criança, se encantava com os croquis, os tecidos, as cores. Formada em Propaganda e Marketing, trabalhou por mais de 15 anos em empresas de cosméticos, criando conceitos e produtos voltados para a beleza. Num processo de mudança interno, descobriu outra paixão. Hoje tem uma empresa de Consultoria de Estilo e segue levando beleza e autoestima a homens e mulheres de um jeito mais próximo e personalizado. Flávia se formou na London College of Fashion​ e na Oficina de Estilo. No Magari Blu, nos ajuda com suas dicas preciosas para viajar leve.