Johannesburgo

Por Teresa Perez Tours

Fechamos nosso giro pela África do Sul com Johannesburgo!

A cidade costuma ser relegada à condição de porta de entrada da África do Sul, mero corredor para as praias e os parques de safári. Tremenda injustiça, pois é repleta de tesouros.

A paisagem urbana, por si só, é uma atração. Pelo centro, espalham-se modernos e imponentes prédios. Nos subúrbios, o ar é bucólico. Belas casas são rodeadas de árvores, parques e jardins, o que faz de Johannesburgo uma das cidades mais verdes do mundo.

Para se localizarem na grande metrópole, os moradores buscam no alto, na silhueta de prédios, duas imensas torres de telecomunicações – uma fica na área central e a outra, no oeste. Os locais, a propósito, carinhosamente chamam sua cidade de Jozi ou Jo’burg.

Johannesburgo
Foto: Teresa Perez Tours

 

Nas compras, Johannesburgo oferece de feiras de artesanato tipicamente africano às boutiques do sofisticado bairro de Sandton. Os restaurantes são de nível internacional e a vida cultural fervilha, com teatros, museus e galerias de arte.

 

*O que fazer?

PASSEIOS

– Apartheid Museum

Uma das atrações mais emocionantes da cidade, o museu ilustra de forma dramática a história do apartheid, do seu início em 1948 à eleição de Nelson Mandela como presidente, em 1994.

Na entrada do museu o visitante recebe um crachá que deverá ser usado ao longo de sua visita, onde é indicado se ele seguirá pelo caminho dos brancos ou dos negros. A partir daí a intensidade de emoções cresce ao percorrer a jornada ao longo da história da segregação racial no país, retratada em fotografias, instalações, textos e um vídeo emocionante.

O objetivo do museu é contar a história do apartheid e prestar tributo aos grandes líderes políticos negros e brancos que contribuíram para a instauração da democracia no país.

Apartheid Museum
Foto: Teresa Perez Tours

Onde encontrar:

Northern Parkway e Gold Reef Road, Ormonde, Johannesburgo
Tel.: 27 011 3097400
www.apartheidmuseum.org
Abre ter/dom 10h-17h
O museu não recomenda a visita a crianças menores de 11 anos.

 

– Soweto

Foi estabelecido em 1963 como o conjunto dos bairros destinados aos negros da cidade, que não podiam frequentar as áreas reservadas aos brancos.

Palco da resistência anti-racista e de diversos protestos dos negros contra a política de discriminação racial, entre elas, a manifestação de 16 de junho de 1976, violentamente reprimida, e que entrou para a história como o Massacre de Soweto.

Cidade com administração própria desde 1983, o Soweto abriga hoje vários memoriais relacionados à época do apartheid, incluindo a antiga residência de Nelson Mandela; o Freedom Square, onde a Freedom Charter (carta de liberdade) foi apresentada à população; o memorial Hector Peterson, um tributo à primeira vítima das rebeliões de 1976; a igreja Regina Mundi Roman Catholic Church e o Wandie’s Place, uma taverna reconhecida internacionalmente.

Soweto
Foto: Teresa Perez Tours

– Constitution Hill

Cercada por uma colina, o antigo forte do século XIX serviu de prisão durante o regime do apartheid. Mahatma Gandhi e Nelson Mandela são alguns dos célebres prisioneiros que passaram por aqui.

Constitution Hill
Foto: Divulgação

Onde encontrar:

Braamfontein, 2017, Johannesburgo
Tel: 27 011 3813100
www.constitutionhill.org.za
Visitas apenas em tours guiados de 1h30 que acontecem a cada hora
Abre seg/sex 9h-17h (ultimo tour 16h) e sábados 10h-15h.

 

COMPRAS

Johannesburgo é um paraíso das compras!

No bairro de Sandton, perfilam-se grandes boutiques. No charmoso centro comercial Melrose Arch, marcas internacionais – algumas no interior, outras na piazza ao ar livre. Já o Rooftop Market e o African Craft Market são para quem busca o artesanato africano – ninguém leva uma boneca zulu ou uma máscara tribal sem antes pechinchar.

 

– Market Theather Complex

O antigo mercado de frutas e legumes, construído no início dos anos 1900, hoje reformado e revitalizado abriga, além de três teatros, grande variedade de artesanato africano, roupas, objetos decorativos e alguns restaurantes.

Onde encontrar:

56, Margaret Mcingana Street, Johannesburgo
Tel: 27 0 011 8321641
www.markettheatre.co.za
Abre ter/sex 11h-20h30, sábados 12h-20h30 e domingos 12h-15h30.

 

– Melrose Arch

O complexo de Melrose Arch representa um marco no novo design urbano de Johannesburgo. O local reúne grande diversidade de cafés, restaurantes, lojas, galerias em agradáveis espaços ao ar livre e atmosfera descontraída.

Melrose Arch
Foto: Teresa Perez Tours

Onde encontrar:

Melrose Boulevard, Melrose Arch
Tel: 27 11 6840000
www.melrosearch.co.za

 

– Sandton City Shopping Center

Localizado no prestigiado centro financeiro de Johannesburgo, este shopping center abriga mais de 300 lojas de respeitados designers locais a prestigiadas marcas internacionais, impressionando por seu tamanho e elegância.

Onde encontrar:

1st Floor Medical Mews, Sandton City, Johannesburgo
Tel: 27 011 2176000
www.sandtoncity.com
Abre seg/sáb 9h-18h e domingos 10h-16h.

 

*Onde comer?

RESTAURANTES

– Restaurante do Hotel Saxon

Com uma bela vista panorâmica da cidade, este bem decorado restaurante oferece cardápio moderno e contemporâneo.

Seu chef é Rudi Liebenberg, reconhecido mundialmente por seus anos de experiência e qualidade de sua cozinha africana.

Onde encontrar:

Hotel Saxon
36, Saxon Road, Sandhurst, Johannesburgo
Tel: 27 011 2926000
www.saxon.co.za
Abre diariamente para café da manhã 6h30-10h30, almoço 12h30-14h30 e jantar a partir 18h30
Aos domingos não serve almoço e sim o brunch 11h30-14h30.

 

– Moyo Melrose Arch

Especializado na cozinha africana, com influências de todo o continente, evidentes nas receitas e temperos utilizados.

Com cinco andares, os ambientes são rústicos e decorados com obras de arte típicas. A animação é garantida pela música e shows que acontecem diariamente.

Onde encontrar:

Loja 5, The High Street, Melrose Arch, Johannesburgo
Tel: 27 011 6841477
www.moyo.co.za.

 

– Carnivore

Mais do que servir refeições, o Carnivore oferece uma experiência gastronômica!

A culinária exótica inclui carnes de crocodilo, zebra, girafa, impala e avestruz, entre outras, espetadas em lanças tribais e assadas em uma grande fogueira. Serviço estilo rodízio.

Restaurante Carnivore
Foto: Divulgação

Onde encontrar:

Muldersdrift Estate, 69, Drift Boulevard (R114), Muldersdrift, Gauteng
Aproximadamente 30km do centro de Johannesburg
Tel: 27 011 9506000
www.carnivore.co.za
Abre diariamente para almoço 12h-16h30 (chegar até 14h) e jantar a partir 18h (chegar até 20h).

 

 *Onde ficar?

HOTÉIS

– Saxon

O elegante hotel-boutique Saxon se localiza numa área residencial de Johannesburgo, tranquila e arborizada.

Os quartos são decorados com peças de arte africana contemporânea e têm janelas amplas, que dão vista para os jardins do hotel e, ao fundo, para a silhueta de prédios da cidade.

Foi em meio à serenidade do Saxon que Mandela escreveu sua biografia.

Foto: Hotel Saxon

Onde encontrar:

36 Saxon Road, Sandhurst, Johannesburgo
www.saxon.co.za

 

– The Westcliff

O hotel The Westcliff se espalha sobre uma colina arborizada de Johannesburgo, o que lhe dá ares tanto de propriedade de campo quanto de vila mediterrânea. Durante a primavera, as árvores se enchem de flores.

Das varandas dos quartos, a vista alcança os delicados jardins do hotel, os animais do zoológico, que fica lá embaixo, e boa parte da grande cidade.

Foto: Hotel The Westcliff

Onde encontrar:

67 Jan Smuts Avenue, Westcliff, Johannesburgo
www.westcliff.co.za