Florença

A viagem de hoje é a minha segunda cidade preferida por aqui: Florença.

Florença (Firenze) é uma cidade importantíssima para a Itália e para o mundo.

O Renascimento nasceu ali e o território fiorentino abriga obras de todos os mestres italianos: Michelangelo, Da Vinci, Botticelli, Giotto e muitos outros.

Florença também é a cidade de Dante Alighieri e sua “Divina Comédia”.

O primeiro destaque que dou é a catedral Santa Maria del Fiore, incrivelmente trabalhada em mármore verde e rosa, que tem a cúpula que faz de Florença uma das cidades mais belas do mundo. É a minha igreja preferida. Linda!

A Catedral do Duomo: Santa Maria del Fiore
Foto: magari blu

 

A cidade é um museu a céu aberto, o que a torna tão linda, mas tão linda, que você pode ter um colapso. E não é modo de dizer.

Existem casos de pessoas que apresentaram Síndrome de Stendhal em Florença, que traz confusão mental e alucinações, vindo à tona transtornos psíquicos latentes, depois de ter contato com certas obras de arte do renascimento. (Para ler mais sobre a Síndrome de Stendhal clique aqui).

Porém tenha calma, não precisa se assustar! Eu já estive lá e só fiquei apaixonada, não tive nenhum outro sintoma alucinógeno. Mas que é literalmente uma loucura a beleza da cidade, é!

O que é imperdível em Florença são os Museus Galleria degli Uffizi, para ver o “Nascimento de Vênus”, de Botticelli, e centenas de obras de arte renascentistas maravilhosas, e a Accademia, para conferir o estupendo “David”, de Michelangelo.

Palazzo Vecchio também vale a visita – por dentro e por fora. Por fora, além do prédio lindo, estão diversas esculturas de mármore maravilhosas.

Imperdível também um passeio pela Ponte Vecchio e as diversas joalherias que enfeitam a ponte sob o Rio Arno.

Vale também a visita o restaurante Cibreo.

O Cibreo é um dos mais especiais de Florença, pela sua história, pelo dono, que é uma figura, e pelo cardápio que muda sempre.

Polpette do Cibreo
Foto: magari blu

 

Dicas de compras aqui não são necessárias. É uma cidade chiquérrima e conforme você sai andando pelas ruas do centro logo já se depara com lojas lindas, de marcas famosas e locais. Antiquários, galerias, sapatos, roupas, movéis! Tudo do bom e do melhor!

Ainda, quem tiver mais um tempinho na cidade, não pode deixar de conhecer dois lugares sensacionais logo ali.

O primeiro é San Miniato al Monte, um pouco mais no alto do que a famosa Piazzale Michelangelo, e dá para ir a pé, de táxi ou de ônibus.

Em cima do monte tem uma igreja linda e uma vista de tirar o fôlego! Vale muito a pena! Principalmente em um dia bonito no por-do-sol.

Florença vista de San Miniato al Monte
Foto: magari blu

 

Florença vista de San Miniato al Monte
Foto: magari blu

 

Outro passeio que vale a pena é visitar Fiesole, uma cidadezinha no alto da montanha, bem pertinho de Florença.

A cidade é um charme e a vista é também um espetáculo!

A vista em Fiesole
Foto: magari blu

 

Com relação à estadia, uma opção interessante em Florença são os hotéis da cadeia Lungarno, que você conheceu aqui. Bem localizados e de ótima qualidade.

Antes de me mudar para Roma, fiz um curso de italiano em Florença no Istituto Italiano e adorei.

Aprendi bastante e fiz amigos de todos os lugares do mundo que carrego até hoje! Eu recomendo.

Alguns dos amigos que fiz em Florença: para toda a vida.
Foto: magari blu

 

Já agendaram a próxima viagem?

Onde encontrar:

Galleria degli Uffizi
Website: http://www.uffizi.com/

 

Accademia
Website: http://www.uffizi.firenze.it/musei/accademia

 

Ristorante Cibreo
Via del Verrocchio, 8r, Firenze
Tel: + 39 055231100
(Fechado aos domingos e às segundas)

 

Lungarno Hotels
Website: http://www.lungarnohotels.com/
Tel: +39 05527264000

 

Istituto Italiano
Website: http://www.istitutoitaliano.it/