Fernsehturm Berlim: a antiga antena de TV

Dicas de Berlim por Laura Amman

A Fernsehturm de Berlim, como é chamada até hoje a antiga antena de televisão, é uma das mais típicas atrações turísticas da cidade. Localizada na Alexanderplatz e construída na década de 1960, ela é também um dos símbolos da antiga DDR.

O piso térreo da antena de televisão (Fernsehturm) e o processo de visita
Foto: Laura Ammann

Curiosamente, durante as décadas anteriores a situação política da Europa afetou a radiodifusão de Berlim. A maioria dos estados europeus então não reconheciam politicamente a Alemanha Oriental, sendo assim negado a ela o acesso à maioria das estações de rádio, com exceção somente de duas. Já na década de 1950, reconhecendo a deficiência, a DDR começou a planejar a construção de diversas antenas, entre elas a Fernsehturm.

O piso térreo da antena de televisão (Fernsehturm) e o processo de visita
Foto: Laura Ammann

Construída entre 1965 e 1969, o seu estilo é característico da década de 1960 ao mesmo tempo que transmite – talvez principalmente aos nossos olhos de hoje – certa aura comunista. A Fernsehturm é uma verdadeira marca no Skyline berlinense: da maioria dos bairros é possível vê-la. Mesmo quando se tem a sensação de não estar muito próximo da antena, ela é visível principalmente porque estabelece um forte contraste com a altura média dos prédios da cidade, que é muito baixa. Ajuda também o fato de Berlim ser uma cidade muito plana.

O piso térreo da antena de televisão (Fernsehturm) e o processo de visita
Foto: Laura Ammann

As visitas à torre de televisão acontecem diariamente, de diversas formas. Os 368 metros de torre abrigam um bar e um restaurante 360º, respectivamente a 203 e 207 metros de altura.

O bar da Fernsehturm, à noite, no 203º metro da torre
Foto: Laura Ammann

O bar da Fernsehturm, à noite, no 203º metro da torre
Foto: Laura Ammann

A compra antecipada de tickets para subir à antena é altamente aconselhável: esse é o único modo de evitar filas e, no caso do restaurante, garantir uma mesa. Existem diversos tipos de visita, com durações e horários variados. Há ainda ocasiões especiais como brunchs, jantares VIP e até a tradicional festa de réveillon, para a qual o interessado deverá desembolsar mais de € 300.

O restaurante da Fernsehturm, durante o dia, no 207º metro da torre
Foto: Divulgação

O restaurante da Fernsehturm preparado para o ano novo
Foto: Divulgação

Tanto o bar quanto o restaurante são envolvidos por janelas, de onde se pode ver toda Berlim. Se a vista à noite é mais bonita, de dia, em compensação, é mais fácil identificar outros importantes pontos arquitetônicos da cidade. Do lado de dentro, placas abaixo de cada uma das seções da grande janela panorâmica ajudam na distinção dos elementos da paisagem.

A torre, vista de fora, por volta da meia-noite
Foto: Laura Ammann

Uma boa pedida para quem não quiser gastar muito é conhecer o restaurante na hora do almoço ou ir ao bar no fim do dia. Não há como fugir da taxa de entrada e as bebidas alcoólicas podem custar um pouco acima da média berlinense, mas o preço dos pratos é bastante razoável. Além disso, toda a equipe de funcionários da Fernsehturm é super simpática (o que, em Berlim, convenhamos, é um achado).

Por fim, uma única ressalva. Má notícia para os fumantes: por motivos de segurança não se pode fumar dentro da Fernsehturm. Provavelmente para esse público a noite de réveillon estará fora de questão.

Onde encontrar:
tv-turm.de

Fale conosco para organizar a sua viagem:

[email protected]

Formada em Produção Editorial e especialista em Museologia e Curadoria, Laura Ammann é co-fundadora do projeto Arte Conceituando, que publica entrevistas sobre arte, e é mestranda em História da Arte pela Universidade Humboldt. Laura é de São Paulo, mora em Berlim e traz as suas dicas no Magari Blu.