Feirinhas de natal em Berlim

Dicas de Berlim por Laura Ammann

Para a maioria dos alemães o Natal é uma das datas mais importantes do ano. Já a partir de fim de outubro é possível ver os primeiros sinais de ansiedade: os enfeites natalinos começam timidamente a despontar nas prateleiras das lojas; as guirlandas de advento são ofertadas a cada semana em maior número nas calçadas frias das floriculturas; as estruturas das tão queridas feirinhas de Natal começam a ser montadas por Berlim.

Os enfeites de Natal alemães seguem a mesma tradição há décadas. Artesanais e geralmente de madeira, carregam um ar típico e rejeitam qualquer ameaça de um Natal industrialmente plastificado. A guirlanda de advento, na maioria das vezes também feita de folhagens naturais, contém quatro velas; uma para cada domingo de advento que antecede o natal. Já os calendários de advento contam os dias até a véspera de Natal; a partir do dia 1 de dezembro até o dia 24 (na Alemanha, aliás, o Natal é um feriado prolongado, que acontece nos dias 24, 25 e também 26 de dezembro).

O alemão, um povo particularmente ligado à natureza desde as suas origens, faz questão da árvore de Natal natural e, por isso, uma das tradições de fim de ano são os mercados de pinheiros, montados em estacionamentos ou outras áreas amplas ao longo da cidade. É um verdadeiro programa familiar ir até lá e escolher a melhor árvore para seu Natal.

Também nessas praças são montadas as famosas feirinhas de Natal, os Weihnachtsmärkte, tão queridos pela maioria dos turistas, alemães e imigrantes residentes no país.

Na feirinha natalina da Potsdamer Platz todo ano é montado um típico presépio alemão em grande escala. No seu interior, uma barraquinha de Glühwein.
Foto: Laura Ammann

As feirinhas de Natal são espaços ao ar livre, organizados através de barraquinhas de comida, bebida e enfeites natalinos. O ambiente de convivência é um fim em si mesmo: turmas se apoiam nas grandes mesas comunitárias e bebem o tradicional Glühwein, uma espécie de vinho quente feito somente nessa época.

Feirinha de Natal no Gendarmenmarkt
Foto: Laura Ammann

A oferta de comidas é pouco variada, mas, assim como todo o resto, muito tradicional. Todo ano há batata frita (com muita maionese!), salsichas variadas, pães, castanhas torradas e waffles. E para beber, além do Glühwein, é claro, muita cerveja.

Feirinha de Natal no Gendarmenmarkt
Foto: Laura Ammann

Apesar de suas semelhanças, cada Weihnachtsmarkt tem seu charme próprio. As minhas feirinhas preferidas em Berlim são a de Charlottenburg, a aos pés da Gedächtniskirche e a do Gendarmenmarkt.

Feirinha de Natal no Gendarmenmarkt
Foto: Laura Ammann

Em Charlottenburg a feirinha é montada em frente ao palácio de Charlottenburg, ao lado do quarteirão de museus do bairro. Um dos mercados natalinos mais queridos da cidade, seu forte é a iluminação decorativa dos prédios históricos e o mini-parque de diversões, que conta com uma pequena montanha-russa e uma roda-gigante (até 26 de dezembro).

O mercado de Natal na luxuosa avenida Ku’damm conta com o cenário da ruína da Gedächtniskirche, igreja construída no final do século 19 e fortemente danificada após as guerras. Com 34 anos de existência, essa feirinha é uma das mais tradicionais e exibe orgulhosamente uma enorme árvore de Natal, enfeitada com 8 mil bolinhas. Um diferencial desse mercado são as barraquinhas de madeira tipicamente alemãs, onde é possível entrar e se abrigar do frio, curtindo uma bebida como se estivesse dentro de casa ou em um bar na Bavária (aberta até 07 de janeiro).

Detalhe de uma barraca em um mercado de Natal
Foto: Laura Ammann

Para o mercadinho na Gendarmenmarkt – grande ponto turístico, independentemente da época – paga-se tradicionalmente uma pequena entrada, que é revertida para inciativas sociais em Berlim. Uma feirinha mais artística, ela expõe e apresenta artistas, gravuristas, fotógrafos, dançarinos, palhaços, etc. (até 31 de dezembro).

Em algumas feirinhas, há verdadeiras casas de madeira para quem é mais friorento
Foto: Laura Ammann

Há muitas outras feirinhas de Natal em Berlim e vale a pena se informar antes de ir, mas quem está em Berlim nessa época do ano não pode perder essa oportunidade.

 Fale conosco para organizar a sua viagem:

[email protected]

Formada em Produção Editorial e especialista em Museologia e Curadoria, Laura Ammann é co-fundadora do projeto Arte Conceituando, que publica entrevistas sobre arte, e é mestranda em História da Arte pela Universidade Humboldt. Laura é de São Paulo, mora em Berlim e traz as suas dicas no Magari Blu.