Feiras gastronômicas em Buenos Aires

Dicas de Buenos Aires por Maria Marques

Buenos Aires é um destino gastronômico. Não tem quem não venha para cá pensando em bife de chorizo, malbec y dulce de leche. Mas nem só de restaurantes em Puerto Madero vive a veia “foodie” da cidade.

Quase todo fim de semana tem alguma feira de comida acontecendo. Elas vão desde as mais naturebas, como a Sabe la Terra até as tradicionais como a de Mataderos, passando pelo hit gastronômico Masticar e a rgânica Buenos Aires Market. Sobre as duas últimas posso falar com mais propriedade, porque já fui algumas vezes e recomendo muito.

Feiras Gastronômicas Foto: Facebook Masticar

Feiras Gastronômicas
Foto: Divulgação/Masticar

A Masticar é “o” evento de feiras gastronômicas na cidade. Acontece duas vezes ao ano por 4 dias, sempre em algum lugar bem grande e arrasta multidões de fanáticos e curiosos.

A feira é bem organizada, com barracas de comida, foodtrucks, bares, mercadinhos, além de palestras e aulas com chefs famosos. É a oportunidade de provar uma amostra das melhores cozinhas de Buenos Aires por um preço bem atrativo.

A entrada da última edição saía aproximadamente 5 dólares e por mais uns 10 você comia divinamente (vale a pena comprar as entradas online pra não pegar a fila quilométrica para entrar na feira).

Feiras Gastronômicas  Foto: Facebook Masticar

Feiras Gastronômicas
Foto: Divulgação/Masticar

Na edição de abril desde ano, por exemplo, estavam por lá o Tegui, do chef Germán Martitegui, eleito restaurante nº 9 da América Latina pela revista inglesa Restaurant, além de sumidades como o chef Francis Mallmann. Novos queridos como o I-Latina, Paraje Arevalo, Mooi e La Mar também marcaram presença.

Os restaurantes normalmente oferecem 3 ou 4 opções de pratos estilo tapas, incluindo sobremesa. Além disso, há diversos stands com opções de vinhos, cervejas artesanais y drinks (como os do incrível bar 878, rei das coqueteleiras porteñas).

Feiras Gastronômicas Foto: Facebook Masticar

Feiras Gastronômicas
Foto: Divulgação/Masticar

É tudo muito bom pra ser verdade, não é? Mas não é mentira não! O único porém é que, como você, mais milhares de pessoas terão a ideia de comer bem, barato e num lugar bacana, então chegue cedo e de preferencia vá ao primeiro dia da feira.

Feiras Gastronômicas Foto: Buenos Aires Market

Feiras Gastronômicas
Foto: Divulgação/Buenos Aires Market

Onde encontrar:
www.feriamasticar.com.ar

Outra opção menos “hypada”, mas que vale muito a pena para os que fazem parte da geração Bela Gil, é a feira de alimentos saudáveis Buenos Aires Market.

A feira é itinerante e acontece 1 vez por mês aos fins de semana e, boa notícia, a entrada é gratuita. São varias barraquinhas que vendem produtos naturais e saudáveis (mas nem por isso menos gostosos); uma ótima opção para um café da manhã, ou mesmo para almoçar. Os deliciosos pães do Malvon e L’Epi (que está em quase todas as edições) são um show à parte.

Feiras Gastronômicas Foto: Buenos Aires Market

Feiras Gastronômicas
Foto: Divulgação/Buenos Aires Market

Se você estiver procurando souvenirs comestíveis pra levar de volta pra casa, também dá para se divertir com vinhos orgânicos, doce de leite, azeites (da última vez que fui, me apaixonei por uma marca que não conhecida, a Santa Augusta), geleias e afins. E dá para aproveitar as férias para cozinhar, pois há verduras e frutas orgânicas fresquinhas do Tallo Verde, frango sem hormônios da Coeco, cogumelos Hongos Porto, além de diversos stands de chás e temperinhos típicos argentinos.

Feiras Gastronômicas  Foto: Buenos Aires Market

Feiras Gastronômicas
Foto: Buenos Aires Market

Se der sorte de pegar uma edição no lindo Hipódromo de Palermo (onde foi a de maio), aí então o programa fica melhor ainda. Dá até para apostar nos cavalos e depois (com sorte) gastar tudo no incrível pão de alfarroba do Malvón (ou numa cervejinha artesanal, caso você não seja tão natureba assim).

Onde encontrar:
www.buenosairesmarket.com

Maria é advogada com “lado B”. Adora uma novidade, descobrir lugares, passeios, músicas, comidas e o que mais tiver de legal por aí. Vive em Buenos Aires, cidade pela qual é apaixonada, e​ no Magari blu​ ​traz dicas​​ para aproveitá-la como ninguém.