Entrevista com Felipe Frederico, do restaurante japonês Ohka

10/04/2012

O entrevistado de hoje é Felipe Frederico, sócio do restaurante japonês Ohka, em São Paulo.

Com formação em gastronomia em Paris, Felipe voltou ao Brasil e realizou seu sonho de gerir um restaurante.

Ele nos contou com exclusividade os bastidores da empreitada e ainda falamos sobre a comida japonesa, tão adorada dos paulistanos!

Felipe Frederico (à esquerda) com os sócios Alessandro Boscolo e Ricardo Almendra.
Fazem parte da sociedade ainda Sergio Dória e o ex-chef e o ex-gerente do Nagayama, Robson e Menudo
Foto: Reprodução

magari blu: Conte-nos um pouco sobre o período em que estudou gatronomia em Paris e como surgiu a ideia de abrir o restaurante Ohka.

Felipe Frederico: Após me formar em administração e nunca ter morado fora, resolvi ir para Paris, aprender uma nova língua, e ainda fazendo algo que eu gostava, cozinhar! Foram 6 meses inesquecíveis, onde mesmo já sabendo cozinhar, aprendi muito no meu curso. Cheguei depois à conclusão que seria um hobbie e não algo que tomaria um rumo profissional. O Ohka então surgiu de um sonho antigo de gerir um restaurante, que se concluiu com o convite de um sócio para concretizar o projeto.

 

mb: Qual o significado do nome Ohka?

F.F.: Ohka significa flor de cerejeira, árvore típica do Japão.

 

mb: Na sua opinião, por que os paulistanos gostam tanto de comida japonesa e quais os diferenciais encontrados nos restaurantes daqui?

F.F.: Os grandes diferenciais encontrados em geral nos restaurantes em São Paulo são a qualidade da comida, o serviço e a grande diversidade também! Nós, paulistanos, somos mal acostumados. E acho que a comida japonesa caiu no gosto do brasileiro por ser saudável e leve.

 

mb: Já sabemos que a equipe do Ohka é excelente, vinda dos melhores restaurantes japoneses de São Paulo. Além disso, o que é essencial para um restaurante japonês se destacar, como o Ohka tem se destacado?

F.F.: Acho que, como em qualquer outro ramo, o mais importante é estar trabalhando com pessoas sérias. Meus 2 sócios da operação pensam sempre no cliente em primeiro lugar, buscando sempre serviço e comida de alta qualidade.

 

mb: Quais são os pratos mais especiais do cardápio do Ohka? Qual é o seu preferido?

F.F.: Sou suspeito para falar, mas recomendo uma experiência no sushibar de sashimis e sushis. Diga ao sushiman à sua frente se tem alguma restrição e deixe por conta dele! Para finalizar, experimente a “Tilápia Ohka”, da cozinha quente. É muito boa!

 

mb: Qual é o seu restaurante japonês predileto mundo afora?

F.F.: Não tenho um preferido… Existem muitos lugares legais, que vão de ambiente a apresentações de pratos incríveis, que são ótimas experiências. Mas se tiver que citar um para quem realmente gosta de sushi, recomendaria o Sushi Yasuda, em Nova York (204E 43th Street).

 

Grazie mille, Felipe! Ou melhor, arigato! 😉

 

Onde encontrar:

Restaurante Ohka
Rua Prof. Carlos de Carvalho, 105, Itaim Bibi, São Paulo
Tel.: 11 3078 3979