Dicas de vilarejos para visitar no Chianti na Toscana

09/06/2020

Como contei aqui, na nossa última viagem a Toscana, escolhemos a região do Chianti para nossa hospedagem – a região do “gallo nero”. E exploramos vilarejos pitorescos não tão manjados nos roteiros clássicos pela Toscana. Confira as dicas.

Badia a Passignano resume-se praticamente a uma única rua. É bem pequenina e o que chama atenção aqui são dois pontos. Primeiro, a Abadia de São Miguel Arcanjo, que é lindíssima!

Abadia de São Miguel Arcanjo em Passignano
Foto: Ana Maria Junqueira

Um monastério da ordem beneditina que remonta ao ano 890 e que passou por reformas ao longo dos séculos. O monastério é todo murado e cercado por ciprestes imensas. É lindo, uma joia desconhecida pelos turistas.

Abadia de São Miguel Arcanjo em Passignano
Foto: Ana Maria Junqueira

Abadia de São Miguel Arcanjo em Passignano
Foto: Ana Maria Junqueira

Abadia de São Miguel Arcanjo em Passignano
Foto: Ana Maria Junqueira

Abadia de São Miguel Arcanjo em Passignano
Foto: Ana Maria Junqueira

Abadia de São Miguel Arcanjo em Passignano
Foto: Ana Maria Junqueira

Neste pequeno vilarejo, está também a Osteria di Passignano, da conhecida família Antinori, produtora de vinho na Toscana. Uma delícia para almoço ou jantar no Chianti, o restaurante bem low profile tem 1 estrela no Guia Michelin.

Antinori em Badia a Passignano
Foto: Ana Maria Junqueira

Salada de polvo à primavera
Foto: Ana Maria Junqueira

Outra cidadezinha que merece a visita na região do Chianti é Castellina in Chianti. O vilarejo é bem pequenininho, resume-se praticamente a uma rua também – a via Ferruccio, mas tem mais vida que Badia a Passignano.

Castellina in Chianti
Foto: Reprodução

São diversos restaurantezinhos, lojas locais, enotecas, gelaterias, com aspecto de borgo medieval… É um charme para passear e evitar aglomerações de turistas, pois também é uma cidadezinha menos conhecida.

Castellina in Chianti
Foto: Ana Maria Junqueira

Por fim, nossa última dica na região do Chianti é Radda in Chianti, a dona da vista mais linda que eu já tive o prazer de contemplar na Toscana. Ao chegar de carro, estacione fora da parte murada – que tem acesso restrito a carros – e perca alguns minutos admirando a belíssima paisagem.

A vista de Radda in Chianti
Foto: Ana Maria Junqueira

A vista de Radda in Chianti
Foto: Ana Maria Junqueira

Localizada no topo de uma colina que divide os vales da Arbia e do Pesa, Radda é murada e repleta de ladeiras e escadas.

Radda in Chianti
Foto: Ana Maria Junqueira

Igreja de San Niccolò em Radda in Chianti
Foto: Ana Maria Junqueira

A região do Chianti, além da excelência em vinhos e gastronomia, é uma ótima alternativa para quem quer conhecer vilarejos pitorescos e menos conhecidos, ter uma experiência autêntica toscana e mergulhar em paisagens dignas de um quadro da Renascença.

Fale conosco:

[email protected] 

Ana Maria Junqueira é a idealizadora do blog Magari Blu e fundadora da premiada agência de viagens Magari Blu Viagens. Escreve sobre viagens, faz a curadoria de todo o conteúdo que você vê por aqui e organiza roteiros personalizados e reservas.