Dicas de Salvador

Salvador respira história. Foi a primeira capital do Brasil Colônia e é uma das cidades mais antigas da América. Seu primeiro nome foi São Salvador da Bahia de Todos os Santos e recomendo visitá-la aproveitando para conhecer mais sobre a história da cidade e do nosso país.

Eu em Salvador Foto: magari blu

Eu em Salvador
Foto: magari blu

Fitinhas do Senhor do Bonfim Foto: magari blu

Fitinhas do Senhor do Bonfim
Foto: magari blu

*O que fazer?

Pelourinho

O Centro Histórico de Salvador, onde está o Pelourinho, tem arquitetura colonial portuguesa com monumentos históricos que datam desde o século 17. É Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1985.

O Pelourinho, ou como é carinhosamente chamado “Pelô”, era o local onde escravos eram expostos e castigados no Brasil Colônia. Hoje, o cenário afro ainda predomina, mas numa vibração completamente diferente.

Pelourinho Foto: magari blu

Pelourinho
Foto: magari blu

Não são raros os ensaios e as apresentações de grupos de percussão como Olodum, que ecoam a batida forte dos tambores pelas ladeiras do centro histórico de Salvador. Ali, também estão moças caracterizadas com os trajes tradicionais das baianas, prontas para tirar fotos com turistas – e, claro, pedir um trocado por isso.

Ensaio da Escola Olodum no Pelourinho Foto: magari blu

Ensaio da Escola Olodum no Pelourinho
Foto: magari blu

O Pelourinho é cheio de lojinhas de artesanato e produtos locais.

Lojas no Pelourinho Foto: magari blu

Lojas no Pelourinho
Foto: magari blu

Abriga também a Casa Jorge Amado e, algumas casas adiante, a sacada de onde Michael Jackson gravou o videoclipe “They don’t care about us” – onde está uma réplica em tamanho real do maior astro do pop, vestindo a camiseta do Olodum usada na gravação.

A réplica em tamanho real de Michael Jackson no Pelourinho Foto: magari blu

A réplica em tamanho real de Michael Jackson no Pelourinho
Foto: magari blu

Vamos relembrar?!

 Igreja e Convento de São Francisco

Localizados no coração da cidade, a igreja e o convento foram erguidos entre os séculos 17 e 18 e são consideradas uma das mais singulares e ricas expressões do Barroco brasileiro.

Igreja e Convento de São Francisco Foto: magari blu

Igreja e Convento de São Francisco
Foto: magari blu

A decoração interior da igreja nos deixa de queixo caído, com tantos detalhes de madeira cobertos com ouro. A igreja e o claustro têm azulejos azuis e brancos que contam histórias e passam lições para reflexão.

Igreja e Convento de São Francisco Foto: magari blu

Igreja e Convento de São Francisco
Foto: magari blu

Ao fundo da igreja estão São Benedito e Santa Efigênia, santos negros, que propositadamente ficam próximos à porta para estarem no campo de visão dos negros que assistiam à missa em pé, junto à entrada da igreja.

Uma das imagens nos azulejos azuis e brancos instalados no claustro do Convento Foto: magari blu

Uma das imagens em referência à virtude, nos azulejos azuis e brancos
instalados no claustro do Convento
Foto: magari blu

Praça da Sé

Datada dos anos 1930, após a demolição de 2 quarteirões de prédios antigos, a Praça da Sé fica ao final da rua Chile. Ali está a estátua em homenagem a Zumbi dos Palmares, escravo e último líder do Quilombo dos Palmares, o maior dos quilombos do período colonial.

Estátua de Zumbi dos Palmares Foto: magari blu

Estátua de Zumbi dos Palmares
Foto: magari blu

Elevador Lacerda

É o primeiro elevador urbano do mundo, inaugurado em 1873.

Sua finalidade é o transporte público entre a Praça Cairu, na Cidade Baixa (onde está o Mercado Modelo), e a Praça Thomé de Souza, na Cidade Alta.

Elevador Lacerda e o Mercado Modelo na Cidade Baixa Foto: magari blu

Elevador Lacerda e o
Mercado Modelo na Cidade Baixa
Foto: magari blu

Aproveite a vista para tirar fotos e provar um dos sorvetes da A Cubana, primeira sorveteria da cidade.

Sorvete de tapioca da sorveteria A Cubana Foto: magari blu

Sorvete de tapioca da sorveteria A Cubana
Foto: magari blu

*Onde comer?

Poró Restaurante e Bar

O mais novo restaurante da região do centro histórico não tem placa na porta. Mas logo se vê o charme da casa antiga e o capricho na cozinha.

Não deixe de provar o sequinho bolinho de arroz com relish de pimentão, de entrada, e a costelinha bêbada, assada com caipirinha, batata doce frita e farofa de couve.

Bolinho de arroz com relish de pepino do Poró Foto: magari blu

Bolinho de arroz com relish de pepino do Poró
Foto: magari blu

Costelinha bêbada do Poró Foto: magari blu

Costelinha bêbada do Poró
Foto: magari blu

Onde encontrar:

Rua do Carmo, 13, Salvador
Tel.: (71) 9618 1704

Villa Bahia

O hotel boutique Villa Bahia ocupa 2 casarões coloniais dos séculos 17 e 18 no centro histórico. O restaurante do hotel tem um ambiente charmoso, junto à entrada, e um jardim de inverno ao fundo, ambos bem agradáveis para se sentar.

Villa Bahia Foto: magari blu

Villa Bahia
Foto: magari blu

O menu é extenso e os pratos têm um toque mais contemporâneo. Fique de olho nas sugestões do chef!

Barca de palmito pupunha com arroz negro em caldo de lagosta e camarões grelhados e espuma de laranja Foto: magari blu

Barca de palmito pupunha com arroz negro em caldo de lagosta
e camarões grelhados e espuma de laranja
Foto: magari blu

Onde encontrar:

Largo do Cruzeiro de São Francisco, 16/18, Pelourinho, Salvador
Tel.: (71) 3322 4271
pt.lavillabahia.com/pousada-bahia

Maria Mata Mouro

O restaurante tem paredes construídas de taipa de pilão, técnica empregada na construção dos primeiros muros de defesa de Salvador, em 1549. O nome da casa foi inspirado no livro “Tu não te moves de ti”de Hilda Hilst, em que a personagem Mata Mouro sentia muito prazer quando comia!

Peça uma mesa no jardim e desfrute pratos da cozinha baiana. O bobó de camarão é uma delícia.

Bobó de camarão no Maria Mata Mouro Foto: magari blu

Bobó de camarão no Maria Mata Mouro
Foto: magari blu

Onde encontrar:

Rua da Ordem Terceira, 8, Pelourinho, Salvador
Tel.: (71) 3321 3929
www.mariamatamouro.com.br

Casa de Tereza

Ambiente descontraído e charmoso, sob o comando de Teresa Paim.

Tudo aqui é maravilhoso, a começar pela panelinha de camarões de entrada e as moquecas, como a mista de lagosta, peixe e camarões.

Moqueca mista no Casa de Tereza Foto: magari blu

Moqueca mista no Casa de Tereza
Foto: magari blu

Não deixe de encerrar a refeição com os beijus (tapioca) com brigadeiro e doce de leite. Delícia!

Beijo com doce de leite e brigadeiro Foto: magari blu

Beijo com doce de leite e brigadeiro
Foto: magari blu

Onde encontrar:

R. Odilon Santos, 45, Rio Vermelho, Salvador
Tel.: (71) 3329 3016
www.casadetereza.com.br

Soho Marina

O melhor restaurante japonês de Salvador está mar adentro, na marina. Escolha uma mesa na varanda, de preferência próximo às partes do piso que são feitas de vidro sobre a água.

No cardápio, delícias da gastronomia japonesa bem feitas.

Sushi de salmão trufado do Soho Marina Foto: magari blu

Sushi de salmão trufado do Soho Marina
Foto: magari blu

Acelga Maki no Soho Marina Foto: magari blu

Acelga Maki no Soho Marina
Foto: magari blu

Onde encontrar:

Av. Contorno, 1010, Bahia Marina, Salvador
Tel.: (71) 3322 4554
sohorestaurante.com.br

*Onde ficar?

Pestana Convento do Carmo

Pestana Convento do Carmo é o primeiro hotel histórico de luxo do Brasil e está situado em um edifício de patrimônio histórico do século 16. Localizado a passos do Pelourinho, só de entrar na propriedade já é como uma volta no tempo.

Pestana Convento do Carmo Foto: magari blu

Pestana Convento do Carmo
Foto: magari blu

Hospedar-se lá, então, é um privilégio, pois é um verdadeiro museu aberto aos hóspedes. No acervo estão 1.500 peças, como imagens sacras, ourivesarias, pratarias, roupas antigas bordadas a ouro, móveis e dois claustros.

Pestana Convento do Carmo Foto: magari blu

Pestana Convento do Carmo
Foto: magari blu

A construção do Pestana Convento do Carmo, iniciada em 1586 e finalizada depois de 1730, foi palco de muitas histórias, como a rendição dos holandeses aos portugueses, em 1625, e também serviu como quartel para as tropas portuguesas.

Recepção do Pestana Convento do Carmo Foto: magari blu

Recepção do Pestana Convento do Carmo
Foto: magari blu

O conjunto do Carmo – um dos mais valiosos do Brasil – é formado pela Igreja do Carmo (que continua funcionando normalmente), por uma sacristia pintada em ponto de ouro (que é aberta à visitação mediante solicitação no hotel), duas capelas, o Museu do Carmo (que se encontra atualmente fechado) e dois claustros. O primeiro claustro é aberto à visitação e o segundo destinado aos hóspedes, onde está a piscina.

Primeiro Claustro do Pestana Convento do Carmo Foto: magari blu

Primeiro Claustro do Pestana Convento do Carmo
Foto: magari blu

A piscina do Pestana Convento do Carmo Foto: magari blu

A piscina do Pestana Convento do Carmo
Foto: magari blu

A piscina fica no 2º claustro do Convento Foto: magari blu

A piscina fica no 2º claustro do Convento
Foto: magari blu

Mesmo se você não estiver hospedado no hotel, vale a pena solicitar à recepção uma visita à sacristia do convento. Belíssima!

Detalhe da sacristia do Convento do Carmo Foto: magari blu

Detalhe da sacristia do Convento do Carmo
Foto: magari blu

Sacristia do Convento do Carmo Foto: magari blu

Sacristia do Convento do Carmo
Foto: magari blu

Os quartos foram adaptados a partir das acomodações antigas do convento. Charmosos e com bastante conforto.

Quarto do Pestana Convento do Carmo Foto: magari blu

Quarto do Pestana Convento do Carmo
Foto: Divulgação

Quarto do Pestana Convento do Carmo Foto: magari blu

Quarto do Pestana Convento do Carmo
Foto: Divulgação

O hotel tem spa, bar e restaurante onde é servido o delicioso e variado café da manhã.

Restaurante junto à piscina onde é servido o café da manhã Foto: magari blu

Restaurante Conventual junto à piscina
onde é servido o café da manhã
Foto: magari blu

Detalhe das frutas no café da manhã Foto: magari blu

Detalhe das frutas no café da manhã
Foto: magari blu

Bar Todos os Santos Foto: magari blu

Bar Todos os Santos
Foto: magari blu

E, a cada janela, encontramos belas vistas para a Bahia de Todos os Santos e para a charmosa Rua do Carmo.

Rua do Carmo Foto: magari blu

Rua do Carmo
Foto: magari blu

Testado e aprovado pelo Magari blu!

*Dica: além do banho de história, o Pestana Convento do Carmo é uma ótima opção para passar o réveillon! O Pestana Hotel Group está oferecendo descontos de até 15% para reserva antecipada em seus hotéis pelo Brasil para o fim do ano.

Onde encontrar:
www.pestana.com/br/hotel/pestana-convento-do-carmo

Ana Maria Junqueira está sempre viajando pelo mundo. É editora do Magari blu, consultora em viagens e a embaixadora de viagens da Perrier no Brasil.