Dicas de Punta del Leste, La Barra e Jose Ignacio no Uruguai

06/07/2020

Punta del Este é um balneário muito conhecido no Uruguai há muitos e muitos anos já. “Queridinho” de brasileiros e argentinos, é uma cidade praiana, que conta com um centrinho com restaurantes e lojas, pequeno, e com muitas opções de hotéis, casas e apartamentos para ficar.

 

A península divide Punta em duas praias: Brava e Mansa. Como os nomes já indicam, a Praia Mansa tem poucas ondas e águas tranquilas. É uma praia bacana para crianças e famílias – apesar de que o mar é frio em qualquer uma delas e é importante dizer também que venta muito na região de Punta e esfria à noite.

Já a Praia Brava tem ondas para surfar e atrai um público mais jovem. Na Brava estão outras praias menores como a Bikini, onde é point no verão da moçada. Em Punta, estão alguns clássicos como o hotel L’Auberge com seu famosérrimo waffle com doce de leite, as carnes do El Palenque, o italiano Piegari, o Bungalow Suizo com seus fondues, e outros restaurantes focados em frutos do mar na Península.

Ficar em Punta é ótimo para quem viaja em família e precisa de uma estrutura melhor em termos de resorts, restaurantes, lojas.

Cruzando a ponte, a cerca de 15 minutos de Punta, está La Barra, que é uma outra praia, muito procurada pelos argentinos, onde estão hotéis gostosos, baladas, restaurantes que só abrem no verão e por aí vai. É a praia do badalo, das baladas, bares, restaurantes buxixados. Portanto, quem quer ficar próximo do agito, fica melhor localizado na Barra ou até na Brava, que é a última praia antes da ponte.

Mais adiante, a 30 km de Punta e a 18km da Barra, fica a praia do momento, Jose Ignacio. Jose Ignacio tem uma vibe bem diferente do centrinho de Punta, é muito mais rústica, com restaurantes pé na areia, gente descolada e bonita, e novos hotéis. Pode parecer novidade aos olhos de quem não conhece bem Punta, mas a verdade é Jose Ignacio já é bacana há uns 15 anos ou mais. O que acontece é que nos últimos anos surgiram mais opções de hospedagem por ali, pois antes as pessoas passavam o dia e voltavam para seus hotéis em Punta.

La Huella é o restaurante mais famoso, pé na areia, onde se come super bem e cheio de charme para um dia na praia. Tem outros restaurantes bacanas para jantar como Marismo e Namm.

Localizada entre duas lagoas, José Ignacio é um lugar perfeito para a prática de esportes aquáticos como windsurfe, kiteboarding e caiaque. Estão proibidos os esportes motorizados nas lagoas como forma de preservação.

Hoje em dia, muitas pessoas querem hospedar-se em Jose Ignacio mesmo e curtir essa vibe mais relaxada, mas, ao mesmo, tempo chique e descolada. Eu já fui 10 vezes para Punta e nunca fiquei em Jose Ignacio, mas numa próxima vez, com certeza eu adoraria ficar lá. É o clima que eu mais gosto de Punta. E todas essas 10 vezes eu nunca deixei de passar o dia, ou vários dias, em Jose Ignacio.

Além dos programas de praia, Punta hoje conta com visitas a vinícolas, degustações de vinho, azeite, doce de leite, gastronomia de alta qualidade e vida noturna agitada.

Quando ir?

A melhor época é nosso verão, pois no inverno faz frio, venta muito e muita coisa fecha. Punta tem vários perfis de atividades e hospedagem.

Como chegar?

Para chegar lá, tem voos diretos sazonais, ou então via Montevideu ou Buenos Aires. Ou ainda, você pode descer em Montevideu e dirigir até Punta. São cerca de 2h de viagem ou um pouco mais, dependendo da praia onde ficar seu hotel. Recomendo de toda forma alugar carro em Punta pois as praias são distantes, espalhadas, e com carro você tem mais autonomia para passear.

Fale conosco:

[email protected] 

Ana Maria Junqueira é a idealizadora do blog Magari Blu e fundadora da premiada agência de viagens Magari Blu Viagens. Escreve sobre viagens, faz a curadoria de todo o conteúdo que você vê por aqui e organiza roteiros personalizados e reservas.