Diário da lua de mel: Franschhoek, a região dos vinhos sul-africanos

Diário da lua de mel por Ana Maria Junqueira

A região de Franschhoek e Stellenbosch é a produtora de vinhos mais conhecida na África do Sul. O visual é lindo de morrer, pois as cidades e as vinícolas estão cercadas por montanhas.

A região das vinícolas é uma das mais belas paisagens do país Foto: Divulgação/La Residence

A região das vinícolas é uma das mais belas paisagens do país
Foto: Divulgação/La Residence

*Onde comer e beber vinho local?

Os vinhos sul-africanos ainda não são tão conhecidos pelos brasileiros, mas são uma agradável surpresa. Sem contar os preços, bem em conta no país.

São inúmeras as vinícolas e os restaurantes que valem agendar. Infelizmente não tive tempo de conhecer todos, por isso indico aqui os meus preferidos:

The Tasting Room

**ATUALIZAÇÃO**

O restaurante The Tasting Room encontra-se permanentemente fechado e, em seu local, encontra-se uma nova casa chamada La Petite Colombe. 

Veja abaixo nossa review do antigo restaurante:

O menu degustação é todo surpresa e desvendado a cada prato no restaurante. Experiência imperdível em Franschhoek!

The Tasting RoomFoto: magari blu

The Tasting Room
Foto: magari blu

Leia aqui sobre The Tasting Room.

Delaire Graff

A Delaire Graff é parada obrigatória. A vinícola fica em uma belíssima propriedade, que recebe hóspedes inclusive. A decoração é bem interessante, com muitas obras de arte.

Delaire GraffFoto: Divulgação

Delaire Graff
Foto: Divulgação

O lindo caminho com a escultura Faith de Anton SmitFoto: Divulgação

O lindo caminho com as esculturas “Faith” de Anton Smit
Foto: Divulgação

A entradaFoto: Divulgação

A entrada
Foto: Divulgação

A minha sugestão é reservar almoço no terraço e degustar alguns rótulos da casa, apreciando a linda vista. Inesquecível.

A vista do restaurante da Delaire GraffFoto: magari blu

A vista do restaurante da Delaire Graff
Foto: magari blu

O terraçoFoto: Divulgação

O terraço
Foto: Divulgação

Pôr do sol na Delaire GraffFoto: Divulgação

Pôr do sol na Delaire Graff
Foto: Divulgação

Onde encontrar:
www.delaire.co.za

Babel

O Babel é o restaurante do hotel Babylonstoren que é, na verdade, uma simpática fazenda!

BabylonstorenFoto: Divulgação

Babylonstoren
Foto: Divulgação

A experiência de almoçar no Babel é deliciosa, ambiente luminoso e pratos preparados com ingredientes fresquinhos e orgânicos.

O nome do restaurante escrito por letras de fenoFoto: Divulgação

O nome do restaurante escrito por letras de feno
Foto: Divulgação

Cada prato de uma cor diferente: Vermelho, laranja e verdeFoto: Divulgação

Cada prato de uma cor diferente:
Vermelho, laranja e verde
Foto: Divulgação

O meu pedido: Salada com cogumelos fresquinhosFoto: magari blu

O meu pedido:
Salada com cogumelos fresquinhos
Foto: magari blu

Vale a pena dar uma volta para conhecer a propriedade e ter um pouco de contato com a natureza, as plantações e as criações do Babylonstoren.

Babylonstoren Foto: magari blu

Babylonstoren
Foto: magari blu

Não deixe de passar na lojinha e levar uma lembrança para casa – azeites, pães, objetos de cozinha e outros badulaques e quitutes gostosos e charmosos.

A padariaFoto: Divulgação

A padaria
Foto: Divulgação

A loja Foto: Divulgação

A loja
Foto: Divulgação

Onde encontrar:
babylonstoren.com/babel_restaurant

*Onde ficar?

Le Quartier Français

Localizado na cidade de Franschhoek, o charmoso hotel boutique foi a nossa escolha na lua de mel.

Le Quartier FrançaisFoto: magari blu

Le Quartier Français
Foto: magari blu

Clique aqui para mais informações e fotos.

La Residence

Um pouco afastado da cidade, o hotel La Residence está situado na sua própria vinícola e é uma ótima opção para quem quer sossego.

La ResidenceFoto: Divulgação

La Residence
Foto: Divulgação

La ResidenceFoto: Divulgação

La Residence
Foto: Divulgação

São 11 quartos com amplos banheiros e lindas vistas. O hotel faz parte do Royal Portfolio – o mesmo responsável pelo Birkenhead House em Hermanus e pela administração da penthouse The One Above em Cape Town.

Os quartos têm diferentes estilos de decoração, mas todos seguem um mix eclético de objetos clássicos e coloniais com cores vivas, que torna o ambiente bem agradável e cheio de charme.

La ResidenceFoto: Divulgação

La Residence
Foto: Divulgação

La ResidenceFoto: Divulgação

La Residence
Foto: Divulgação

La ResidenceFoto: Divulgação

La Residence
Foto: Divulgação

Em fevereiro é a época da vindima e os hóspedes participam da colheita.

Onde encontrar:
www.laresidence.co.za

*Como chegar?

A região produtora de vinhos está a cerca de 40 minutos de Cape Town. A estrada é ótima, bem sinalizada e é fácil de chegar.

*Dica: alugar carro na região é recomendável para circular livremente pelas lindas estradas e vinícolas. Mas atenção com a mão inglesa (invertida) em toda a África do Sul.

*Quanto tempo ficar?

É possível visitar a região de Franschhoek e Stellenbosch em um dia a partir de Cape Town. Mas se tiver tempo programe ao menos 2 noites nesse pedacinho do paraíso – como eu fiz na minha lua de mel. São experiências encantadoras que certamente valerão o seu tempo.

Ana Maria Junqueira está sempre viajando pelo mundo. É editora do Magari blu, consultora em viagens e a embaixadora de viagens da Perrier no Brasil.