Delta do Okavango em Botswana: Vumbura Plains Camp

Vumbura Plains Camp foi o terceiro camp onde me hospedei no país e é um premier da rede Wilderness Safaris – leia mais.

Situado também no Delta do Okavango, o camp é um pouco mais sofisticado que os demais, tanto no projeto de design, quanto em detalhes como o tamanho da tenda e a gastronomia, com menu à la carte e não buffet como no Chitabe e no Duma Tau.

Vumbura Plains Foto: magari blu

Vumbura Plains Camp
Foto: magari blu

Vumbura Plains Foto: magari blu

Vumbura Plains Camp
Foto: magari blu

São 2 camps interligados, North e South, com 14 tendas ao todo, sendo que 2 delas acomodam famílias – eu fiquei no North. Por lá, a ordem é desconectar: nada de wi fi, televisão e nem sinal de celular.

Lounge no deck do Vumbura Plains (North) Camp Foto: magari blu

Lounge no deck do Vumbura Plains (North) Camp
Foto: magari blu

Cada camp tem seu longe separado, restaurante e bar, ambos com linda vista para o Delta do Okavango, seja do quarto, seja do deck com camas e almofadas confortáveis para se jogar e apreciar a vista, as estrelas ou somente fechar os olhos e mergulhar nos sons da vida selvagem.

Vumbura Plains Camp Foto: magari blu

Vumbura Plains Camp
Foto: magari blu

As tendas são todas iguais e enormes, com cerca de 90m2. Têm chuveiros interno e externo, sendo que o do lado de dentro fica situado entre enormes cortinas brancas, em uma localização charmosa, ousada e, claro, com vista para a água e para o deck externo.

Tenda do Vumbura Plains Camp Detalhe par ao chuveiro com cortinas brancas Foto: magari blu

Tenda do Vumbura Plains Camp
Detalhe par ao chuveiro com cortinas brancas
Foto: magari blu

O chuveiro Foto: magari blu

O chuveiro
Foto: magari blu

Detalhes na tenda Foto: magari blu

Detalhes na tenda
Foto: magari blu

Tenda do Vumbura Plains Camp Foto: magari blu

Tenda do Vumbura Plains Camp
Foto: magari blu

As tendas têm ainda piscinas privativas, espreguiçadeiras e varanda com salinha, onde é possível fazer uma deliciosa massagem africana.

Piscina privativa na tenda Foto: magari blu

Piscina privativa na tenda
Foto: magari blu

De manhã cedo, antes de partir para o primeiro safári, é servido café da manhã com a luz do amanhecer.

Sol nascendo visto do deck do Vumbura Plains Camp Foto: magari blu

Sol nascendo visto do deck do Vumbura Plains Camp
Foto: magari blu

Café da manhã com o amanhecer de cenário Foto: magari blu

Café da manhã com o amanhecer de cenário
Foto: magari blu

Na volta do primeiro safári, tem brunch para os hóspedes à la carte no camp, ou então o brunch é servido de surpresa no meio da savana!

Brunch no Vumbura Plains:  Salada desconstruída Foto: magari blu

Brunch no Vumbura Plains Camp:
Salada desconstruída
Foto: magari blu

Babotie africano, que parece um escondidinho de carne moída com ovo e arroz bismati Foto: magari blu

Babotie africano, que parece um escondidinho de carne moída com ovo
e arroz bismati
Foto: magari blu

Kebab de cogumelos com pimenta e espinafre, servido com aioli Foto: magari blu

Kebab de cogumelos com pimenta e espinafre servido com aioli
Foto: magari blu

"Brunch in the bush" Foto: magari blu

“Brunch in the bush”
Foto: magari blu

Vumbura Plains monta um delicioso recanto ao ar livre Foto: magari blu

O camp monta um delicioso recanto ao ar livre
Foto: magari blu

Com direito a bar! Foto: magari blu

Com direito a bar!
Foto: magari blu

E delícias direto da grelha Foto: magari blu

E delícias direto da grelha
Foto: magari blu

Assim como no Duma Tau, em Vumbura Plains dá para fazer safári por terra e por água, e a fauna e a flora são riquíssimas.

Delta do Okavango Foto: magari blu

Delta do Okavango
Foto: magari blu

É tida como uma das áreas em que se pode avistar praticamente todas as espécies nativas da região do Delta do Okavango.

Delta do Okavango Foto: magari blu

Sempre água no Delta do Okavango
Foto: magari blu

O tipo de javali que inspirou a personagem Pumba de "O Rei Leão" Foto: magari blu

O tipo de javali que inspirou a personagem Pumba de “O Rei Leão”
Foto: magari blu

Babuíno tranquilo na árvore Foto: magari blu

Babuíno tranquilo na árvore
Foto: magari blu

Por água, a tradição é navegar de mokoro, canoa típica que desliza pelas águas rasas e cristalinas do Delta do Okavango.

O mokoro Foto: magari blu

O mokoro
Foto: magari blu

A minha maior preocupação eram hipopótamos e crocodilos, mas o trajeto foi bem tranquilo e sem sustos. A razão, segundo os guias, é a profundidade rasa em que a canoa flutua, assim como o guia que vai à frente em uma canoa só dele, se certificando de que o caminho está seguro.

Eu, no mokoro Foto: magari blu

Eu, no mokoro
Foto: magari blu

É um silêncio, uma paz, uma sensação especial. Ali está imensa variedade de sapinhos coloridos e de nenúfares, as “water lilies”, que flutuam pela água; algumas se abrem somente durante o dia, outras apenas à noite.

Sapinho colorido Foto: magari blu

Sapinho colorido
Foto: magari blu

 Foto: magari blu

Nenúfares, as “water lilies”
Foto: magari blu

Lindo pôr do sol visto do mokoro Foto: magari blu

Lindo pôr do sol visto do mokoro
Foto: magari blu

No 4×4, encontrei pelo caminho muitos animais! Logo no primeiro dia, deparei-me com uma manada de “big cats” dormindo: 2 leões, 4 leoas e 5 filhotes.

Leões dormindo Foto: magari blu

Leões dormindo
Foto: magari blu

Ops, acordou! Foto: magari blu

Ops, acordou!
Foto: magari blu

Um dos filhotes Foto: magari blu

Um dos filhotes
Foto: magari blu

Os leões Foto: magari blu

As leoas e os filhotes
Foto: magari blu

Uma das leoas Foto: magari blu

Uma das belas leoas
Foto: magari blu

No dia seguinte, encontrei parte da turma novamente. Os leõezinhos brincavam muito!

Leõezinhos brincando Foto: magari blu

Leõezinhos brincando
Foto: magari blu

Eram 4 filhotes Foto: magari blu

Aqui, 3 dos filhotes
Foto: magari blu

Fizeram a maior farra  Foto: magari blu

Fizeram a maior farra: detalhe para as patinhas
Foto: magari blu

E eu assistindo tudo de camarote! Foto: magari blu

E eu assistindo tudo de camarote!
Foto: magari blu

Perto de onde fizemos uma das pausas para café e chá estava um guepardo solitário e aparentemente em busca de uma presa.

Guepardo na sombra Foto: magari blu

Guepardo na sombra
Foto: magari blu

Saiu à caça Foto: magari blu

Saiu à caça
Foto: magari blu

Dia de game drive Foto: magari blu

Dia de game drive
Foto: magari blu

A região do Delta do Okavango proporciona ainda um ótimo habitat para elefantes. Foi durante os safáris no Vumbura Plains Camp que eu os vi mais de pertinho – na terra e na água!

Dá um frio na barriga! Foto: magari blu

Dá um frio na barriga!
Foto: magari blu

Manada de elefantes Foto: magari blu

Manada de elefantes
Foto: magari blu

Lá vão eles... Foto: magari blu

Lá vão eles…
Foto: magari blu

Elefante bebendo água Foto: magari blu

Elefante bebendo água
Foto: magari blu

Na saída de barco com motor, 2 elefantes se banhavam nas águas do Delta do Okavango e passaram muito próximos do barco. Uma sensação única na experiência de vida selvagem.

Elefantes dentro do rio durante o passeio de barco Foto: magari blu

Elefantes dentro do rio durante o passeio de barco
Foto: magari blu

Oi. Foto: magari blu

Oi!
Foto: magari blu

Não deram a menor bola para o barco Foto: magari blu

Não deram a menor bola para o barco
Foto: magari blu

O safári de barco segue por um labirinto d’água que tem como cenário bastante vegetação no entorno e dentro d’água também e, além dos elefantes, crocodilos e hipopótamos.

Passeio de barco Foto: magari blu

Safári de barco
Foto: magari blu

Vumbura

Os hipopótamos
Foto: magari blu

De novo, não tem como falar de Wilderness sem falar de staff e do seu trabalho impecável. Os guias e os funcionários são sempre muito atenciosos e solícitos e, de tão carinhosos, acabam se tornando amigos, cheios de conhecimento para compartilhar e boas risadas!

Parte da querida staff do Vumbura Plains Camp Foto: magari blu

Parte da querida staff do Vumbura Plains Camp
Foto: magari blu

Enquanto isso, as meninas do camp mostram sua habilidade nas lindas cestas Foto: magari blu

Enquanto isso, as meninas do camp mostram sua habilidade nas lindas cestas
Foto: magari blu

Como chegar?

De São Paulo a Johannesburgo o voo é da South African Airlines, que também leva a Maun, em Botswana. Um aviãozinho da Wilderness encaminha os passageiros até o Vumbura Plains, seja a partir de Maun ou então partindo de outro camp, como fiz o itinerário Chitabe – Duma Tau – Vumbura.

Voo de Wilderness Air pela região do Delta do Okavango Foto: magari blu

Voo de Wilderness Air pela região do Delta do Okavango
Foto: magari blu

Acompanhe toda a viagem a Botswana aqui.

Testado e super aprovado pelo Magari blu!

Onde encontrar:
www.wilderness-safaris.com/camps/vumbura-plains

*Assista a TV MAGARI BLU em Botswana:

Ana Maria Junqueira está sempre viajando pelo mundo. É editora do Magari blu, consultora em viagens e a embaixadora de viagens da Perrier no Brasil.