Boas maneiras no desembarque: dicas de comportamento no aeroporto

Mala de viagem por Flávia Machado

Etiqueta de Viagem

Avião pousou. Você chegou ao seu destino. Ufa!

Mas calma que ainda faltam algumas etapas antes de você poder se jogar numa cama de hotel, nem que seja por 10 minutinhos antes do seu primeiro programa ou passeio.

Sair do avião é uma delas e a gente já falou disso aqui.

Depois do avião tem a parte de alfândega e imigração. Então, esteja atento, pois normalmente existem filas diferentes para quem é local (do país no qual você está desembarcando) e filas para estrangeiros (quem não é nascido nem residente oficial do país).

Além disso, você precisa estar com todos os documentos em mãos. Passagem (ou cartão de embarque) e passaporte com visto, se for preciso, são fundamentais. Alguns países exigem que você entregue na imigração um formulário com seus dados pessoais e dados da viagem, local onde vai se hospedar, etc. Quando isso acontece, a equipe de bordo já distribui este formulário durante o voo.

Aproveite o tempo livre e já preencha tudo ainda no avião para não perder tempo e nem atrasar a fila quando for a sua hora de entregar o formulário.

Ah, e já que estamos falando em fila, não custa nada lembrar: furar fila (ou guardar lugar para a família) é feio em qualquer lugar do mundo, ok?!

Uma outra dica importante é manter silêncio enquanto aguarda sua vez na fila. Mesmo que demore, evite conversar em tom de voz muito alto porque muitas vezes os oficiais da imigração se incomodam (porque o barulho pode desconcentrar) e pedem por silêncio de um jeito, muitas vezes, não muito educado.

Depois dessa etapa é hora de retirar suas bagagens! É nessa hora que a gente percebe quem é educado e quem não é.

As regras de boa convivência, assim como em todo lugar, pedem que sejamos educados e ajudemos pessoas de idade, pessoas com dificuldade de locomoção, gestantes e mulheres com crianças de colo, especialmente se elas estiverem sozinhas. Saiba que é uma maravilha quando a gente está sozinha e alguém oferece ajuda!

O processo de esperar as malas na esteira pode ser demorado mesmo, tem que ter paciência e ter pressa não ajuda em nada.

Sua mala vai chegar (bom, é esperado que ela chegue) então tenha calma e aguarde.

Às vezes, tem um ponto da esteira que fica com mais pessoas esperando. Parece ser o melhor lugar, mas não é. Porque quando a mala de alguém chegar, a pessoa não terá espaço suficiente para puxar a mala da esteira, apoiar no chão e depois colocar em seu carrinho.

A esteira dá uma volta completa. Não existe um lugar melhor ou pior para pegar sua bagagem. Existe o lugar mais confortável que não vai atrapalhar ninguém (ou quase ninguém).

Caso sua mala não chegue, você deve procurar um funcionário do aeroporto, da área de bagagens ou falar com alguém da companhia aérea, informar que sua mala não chegou e tomar as devidas providências para que a companhia localize sua mala e entregue no seu endereço de hospedagem.

Já com as suas malas, mas antes de sair da área de desembarque, você vai passar pela alfândega (ou aduana) onde oficiais fazem uma triagem muitas vezes de forma aleatória para inspecionar as bagagens. Sempre torcemos para não sermos selecionados, porque leva tempo e dá trabalho abrir a mala, mostrar o que você tem dentro dela, responder a algumas perguntas e depois arrumar tudo novamente para poder sair.

Se ninguém te parar ou não acender nenhuma luz vermelha (em alguns países existem painéis com as luzes verde e vermelha para a alfândega), siga em frente até a saída do desembarque e aproveite sua viagem!

Foto: Reprodução

*Veja aqui mais dicas de etiqueta e boas maneiras em viagens.

Fale conosco para organizar a sua viagem:

[email protected] 

Flávia Machado é bisneta de uma profissional da alta costura e, desde criança, se encantava com os croquis, os tecidos, as cores. Formada em Propaganda e Marketing, trabalhou por mais de 15 anos em empresas de cosméticos, criando conceitos e produtos voltados para a beleza. Num processo de mudança interno, descobriu outra paixão. Hoje tem uma empresa de Consultoria de Estilo e segue levando beleza e autoestima a homens e mulheres de um jeito mais próximo e personalizado. Flávia se formou na London College of Fashion​ e na Oficina de Estilo. No Magari Blu, nos ajuda com suas dicas preciosas para viajar leve.