Berggruen Museum em Berlim

15/07/2016

Dicas de Berlim por Laura Ammann

O Museu Berggruen está novinho em folha. Recém reaberto, desde o último 19 de junho o museu expõe cerca de 20 Matisses, mais de 60 Klees e três andares repletos de Picasso. Localizado em frente ao Palácio de Charlottenburg e ao lado de outros dois museus (Bröhan-Museum e Sammlung Scharf-Gerstenberg), o Museu Berggruen passava por uma reforma de ligação dos seus dois prédios através de um moderno corredor de vidro.

Heinz Berggruen, berlinense e judeu, deixou sua terra natal em 1936 a caminho dos EUA. Em 1945, no entanto, Berggruen fez as malas novamente em direção à Paris, onde se instalou definitivamente até o fim da vida. Lá, Berggruen conheceu e se tornou amigo próximo de Picasso, de cujas obras se tornou um grande colecionador. Ao longo da vida dedicada à arte, o colecionador acumulou principalmente – além de Picassos – obras do barroco italiano de Giambattista Pittoni e dos modernos Giacometti, Braque, Miró, Cézanne, Van Gogh, Klee e Matisse.

Paul Klee, "Pandora's Box as Still Life" (1920)

Paul Klee, “Pandora’s Box as Still Life” (1920)
Foto: Laura Ammann

A contribuição de Heinz Berggruen ao mundo artístico é grande. Com 90 obras de Paul Klee doadas ao Metropolitan Museum of Art (NY) e um empréstimo de 72 pinturas para a National Gallery de Londres, Berggruen repassou, em 1996, sua coleção à Fundação do Patrimônio Cultural Prussiano (SPK). A SPK é o órgão que administra os museus estatais de Berlim, entre outras atividades e instituições culturais na Alemanha. A Coleção Berggruen, então, foi destinada ao acervo da Alte Nationalgalerie (Antiga Galeria Nacional) de Berlim e alocada nos dois prédios que hoje formam o Museu Berggruen.

Paul Klee, "Landscape in Blue" (1917) Foto: Laura Ammann

Paul Klee, “Landscape in Blue” (1917)
Foto: Laura Ammann

Em 2006, no décimo aniversário do museu, o colecionador que lhe emprestou o nome lhe doou também uma escultura de Alberto Giacometti, intitulada Standing Woman III. Poucos meses depois, com 93 anos de idade, o colecionador faleceu em Paris. A escultura doada é exposta em destaque na rotunda logo após a entrada do museu.

Alberto Giacometti, Standing Woman III (1960) Foto: Laura Ammann

Alberto Giacometti, Standing Woman III (1960)
Foto: Laura Ammann

Após a reabertura no mês passado, o museu recebe seus visitantes com a exposição “Picasso e seu tempo” (Picasso und seine Zeit), onde os três andares do primeiro prédio exibem pinturas, desenhos e esculturas do artista. Um dos pontos altos da mostra é um guache: um estudo para Les Demoiselles d’Avignon, comprado por Heinz Berggruen em 2005 por USD 13.7 milhões.

Através do recém reformado corredor de vidro, que interliga os dois prédios e dá vista para um jardim, chega-se ao segundo núcleo de exposição. Na entrada, mais dois Giacomettis, uma figura em pé e um gato. Na continuação do percurso, 60 obras de Klee e 20 de Matisse estão disponíveis ao público com, é preciso dizer, um sistema de segurança forte. O elemento cômico da visita fica por conta daqueles que, ao gesticular em frente ao quadro interpretando-o no ouvido do seu companheiro de museu, faz soar o alarme sem querer. Acontece. Dada a tranquilidade da equipe do museu, ela deve estar acostumada com o barulho ocasional, que não é desculpa para pular a visita.

Alberto Giacometti, "The cat" (1951) Foto: Laura Ammann

Alberto Giacometti, “The cat” (1951)
Foto: Laura Ammann

O Museu Berggruen é hoje um dos principais destinos para quem quer ver arte moderna em Berlim. Irônico é que o colecionador que possibilitou a sua fundação tenha declarado certa vez: “Não sou nem francês nem alemão”, e, ainda que negando sua nacionalidade, contribuído de forma tão significativa com sua cidade natal. Mas a resposta veio em seguida: “Sou europeu”.

Fale conosco para organizar a sua viagem:

[email protected]

Formada em Produção Editorial e especialista em Museologia e Curadoria, Laura Ammann é co-fundadora do projeto Arte Conceituando, que publica entrevistas sobre arte. Laura é de São Paulo, mora em Berlim e traz as suas dicas no Magari Blu.