Barcelona: um primeiro passeio e uma primeira paella

Vivendo em Barcelona por Eloy Campagnoni

Se eu pudesse indicar um primeiro passeio para se ter uma noção desse clima e energia que toma conta de Barcelona seria ir até o Parque de Mont Juic. Por ali, faça uma parada para tomar uma sangria que está entre as melhores que tomei por aqui no bar/restaurante onde está o teleférico que vai para Barceloneta. O visual é incrivel.

O passeio é turistico, mas delicioso, e a sangria é um primeiro brinde entre muitos outros que virão pela frente. O segredo da sangria lá é que ela é feita com uma soda chamada La Casera e isso a deixa com um toque mais borbulhante e refrescante. Mas, é claro, a forma de preparo e as dosagens são segredos do barman.

Você pode querer ter a experiência de preparar um “tinto de verano” misturando a La Casera com o tinto de sua preferência, que não precisa ser nada especial, mas um bom vinho tinto de mesa.

Para completar esse passeio, pegue o teleférico e desembarque em Barceloneta onde estão 3 opções deliciosas para saborear sua primeira paella na cidade.

A que mais gosto é do restaurante Pez de Vela que fica de frente embaixo do Hotel W. Paella de encher os olhos e água na boca!

Paz Vela Barcelona

A paella do Paz Vela
Foto: Divulgação

Uma observação importante para os desavisados: na paella aqui da Catalunya, o ponto forte não está na quantidade de frutos do mar que são postos sobre ela, mas sim naquele sabor incrível do arroz meio caldoso e um pouco crocante nas bordas. Uma maravilha para se saborear. Dificilmente você vai sair daí sem vontade de voltar.

Mas, se não quiser sofrer vendo os outros saboreando a dita cuja ao seu lado enquanto espera horas por uma mesa, faça a reserva antes. Quando for fazer esse passeio, antes de sair do hotel já telefone e marque uma mesa, ou, melhor ainda, faça alguns dias antes pois há períodos em que só se consegue agendar depois de 15 dias.

Onde encontrar:
grupotragaluz.com/restaurante/pez_vela

 

A outra opção, caminhando por Barceloneta, é o Cal Pinxo. Em frente ao porto, tem uma vista muito gostosa e, apesar de ser um lugar bastante movimentado de turistas, o ambiente é muito agradável.

Neste caso, a sua paella vai ter mais variedade de frutos do mar para atender ao desejo daqueles que querem saborear o arroz como algo secundário. Se depois disso ainda tiver forças para seguir andando, deixe-se soltar pelas ruas da redondeza onde você se divertirá observando as pessoas e o clima.

Para fechar, um drink ao final da tarde em algum dos bares da região – e não se preocupe se este ou aquele é o melhor. Simplesmente escolha um que te agrade pela situação e desfrute o seu drink e a atmosfera… Sem muitas pretensões.

Onde encontrar:
www.calpinxo.com

 

Por fim, a terceira opção relativamente perto de Barceloneta é o famoso e tradicional restaurante 7 Portes. O clima e o atendimento, juntamente com um cardápio tradicional catalão de primeira linha, vai fazer você se render a outras coisas como o canelone trufado e os doces deliciosos.

Onde encontrar:
www.7portes.com

*Eloy Campagnoni é advogado e trabalhou muitos anos como Diretor Jurídico em uma grande multinacional e em seu escritório próprio. Apaixonado pela vida, pelas pessoas e pela gastronomia, decidiu mudar-se recentemente para Barcelona, onde continua advogando, mas dedicando um bom tempo para se reciclar, explorar oportunidades de negócios entre o Brasil e Europa e descobrir novos caminhos – como ele conta aqui no Magari blu.