Astra Kulturhaus, casa de shows em Berlim

Dicas de Berlim por Laura Ammann

Berlim tem, já há algum tempo, uma fama underground, apesar de ela não se resumir a isso. Quem vem esperando encontrar uma cidade inteiramente pichada com cara de anos 80 se surpreenderá com algumas regiões. De certa forma, esse foi meu caso: tendo chegado em Berlim direto para morar sem nunca ter conhecido a cidade, a expectativa de um mundo de becos escuros e gente mal-encarada felizmente se desfez – em parte. Regiões amplas e bem desenvolvidas como a Kudamm e Savignyplatz, a Wittenbergplatz e a Friedrichstraße estão aí para provar que Berlim pode ter a carinha de Paris de vez em quando.

Por outro lado, é frequente depararmo-nos com um lugar que dá a sensação de não poder existir em nenhuma outra cidade: “tinha que ser em Berlim”, pensamos. Teufelsberg consta como um bom exemplo; um local abandonado, diversas vezes ressignificado, e que a mão do Estado não alcança. Do mesmo modo, existem bares, ruas, casas de show e até cinemas com essa energia tipicamente berlinense.

Um desses locais é o Astra Kulturhaus, algo como Astra “Casa da Cultura”, ou ainda, uma espécie de oficina cultural. Na verdade, o Astra Kulturhaus é uma casa de shows que fica ao lado da estação Warschauer Straße, na parte antigamente oriental de Berlim. É comum que algumas regiões da antiga Berlim oriental ainda carreguem um pouco daquela atmosfera: as ruas e praças particularmente amplas e mais desertas, além de uma vida noturna diferente.

O acesso ao Astra Kulturhaus Foto: Laura Ammann

O acesso ao Astra Kulturhaus
Foto: Laura Ammann

Mas se a rua Warschauer Straße hoje tem esse caráter mais “berlinense” – no sentido estereotipado da palavra – ela começou com um plano mais luxuoso. O seu nome, oficializado em 1874, veio da metrópole polonesa Warschau, ou, em português, Varsóvia. Antes disso a Warschauer Straße era somente a rua número 11 de um plano de construção urbana para Berlim, tendo um cotidiano de tráfego e transporte bastante simples. Em 1864, no entanto, a rua já era um dos principais pontos de passagem e sua rede de transportes, inspirada em Paris e no bairro berlinense de Charlottenburg. As fotos da Warschauer Straße do começo do século 20 mostram uma charmosa rua, repleta de varandas floridas, toldos de comércio, árvores e charretes.

Vista da área de fumantes do Astra Foto: Laura Ammann

Vista da área de fumantes do Astra
Foto: Laura Ammann

Passados um século, duas guerras e um regime comunista, a Warschauer Straße tem hoje um charme diferente. O Astra Kulturhaus, no coração da região, é um ótimo exemplo de charme berlinense – e uma ótima dica em especial para brasileiros, pois não há nada parecido no nosso país. O Astra fica em uma espécie de beco onde há várias barraquinhas de comidas de rua e a entrada da casa de shows não inspira maiores expectativas. Mas após a entrada despretensiosa o ambiente traz certa surpresa. Existem várias áreas de espera para o show da noite: para fumantes, para não fumantes, para bebidas, para comidas, para ficar mais perto ou mais afastado do palco.

Uma das salas para espera do show Foto: Laura Ammann

Uma das salas para espera do show
Foto: Laura Ammann

A decoração no estilo “desarrumado mas levei muito tempo para arrumar” dá um charme especial para o lugar. Cadeiras improvisadas em conjunto com bares bem servidos e de bom preço são a cereja do bolo. Os preços da noite variam, naturalmente, do show da noite.

Pista do show antes de começar Foto: Laura Ammann

Pista do show antes de começar
Foto: Laura Ammann

O Astra é um dos muitos lugares que ajudam, juntos, a definir Berlim. A cidade surpreende com a liberdade que oferece. Em Berlim se pode fumar em ambientes internos, se vestir de forma esdrúxula, tomar sol no parque, sair do supermercado carregando todas as compras na mão e até passar na frente da obra. Experimentar um pouco da noite típica berlinense é, para quem tem tempo, essencial.

Um dos shows da casa Foto: Laura Ammann

Um dos shows da casa
Foto: Laura Ammann

Fale conosco para organizar a sua viagem:

[email protected]

Formada em Produção Editorial e especialista em Museologia e Curadoria, Laura Ammann é co-fundadora do projeto Arte Conceituando, que publica entrevistas sobre arte, e é mestranda em História da Arte pela Universidade Humboldt. Laura é de São Paulo, mora em Berlim e traz as suas dicas no Magari Blu.