As cores da alma

Dizem que a Itália é tricolor: vermelho, branco e verde. Tomate, mozzarella e manjericão.

Na verdade, essa história é bem engraçadinha. Dizem que em homenagem à rainha da Itália, Margherita di Savoia, foi criada a pizza Margherita em 1889, trazendo os ingredientes que remetem às cores da bandeira italiana.

Foto: magari blu

 

De fato, muito se vê por essas bandas nesse tricolorido que nos é tão conhecido e tão agradável.

Foto: magari blu

 

Foto: magari blu

 

É interessante saber ainda que a cozinha italiana inspira não só as nossas pancinhas, como também muitos poetas.

Poetas importantes daqui escreveram sobre a incrível comida italiana e o bem que faz à alma.

Foto: magari blu

 

Foto: magari blu

 

A Itália é um país de sentidos, onde todos os 5 te prendem o tempo todo, onde quer que você esteja.

Além do paladar e do olfato tomados pela comida tricolor italiana, a visão se embriaga com tantos lugares lindos e tantos outros que vamos descobrindo todos os dias.

Como eu já disse, mais do que ser tricolor, a Itália para mim é talvez azul… Um dia de sol em Roma reflete o azul do céu nas águas do Rio Tevere e ilumina o museu a céu aberto que é essa cidade como nada parecido.

Mas talvez o mais azul dos lugares que eu já conheci por aqui foi na Umbria, uma cidadezinha chamada Castiglione del Lago. As fotos são auto explicativas.

Foto: magari blu

 

Foto: magari blu

 

Foto: magari blu

 

Um espetáculo para a alma!