As 10 estações de trem mais interessantes do mundo

Dicas da Redação por Sara Meirinho

Viagens de trem são cheias de benefícios: têm assentos confortáveis, conectam o centro de grandes cidades, em sua maioria têm uma grande franquia de bagagem, além de permitirem acompanhar as paisagens do caminho.

Esses benefícios seriam o bastante para ajudá-lo a escolher o trem como meio de transporte no seu roteiro, entretanto algumas estações pelo mundo tornam essa decisão ainda mais fácil. Elas fazem mais do que ser apenas o ponto inicial ou final de uma viagem.

São atrações turísticas, cheias de história, arte e marcos da arquitetura e até valem uma visita mesmo se não for para embarcar para o próximo destino.

Listamos 10 estações de trem que tornam qualquer viagem ainda mais interessante!

KING’S CROSS, Londres

King's Cross Station Foto: Reprodução

King’s Cross Station
Foto: Reprodução

ROTTERDAM CENTRAAL STATION, Roterdã

Rotterdam Central Station Foto: Reprodução

Rotterdam Central Station
Foto: Reprodução

KOMSOMOLSKAYA STATION, Moscou

Komsomolskaya Station Foto: Reprodução

Komsomolskaya Station
Foto: Reprodução

HUNGERBURG STATION, Innsbruck

Hungerburg Station Foto: Reprodução

Hungerburg Station
Foto: Reprodução

ANTWERPEN-CENTRAAL STATION, Antuérpia

Antwerpen Centraal Station Foto: Reprodução

Antwerpen Centraal Station
Foto: Reprodução

ESTAÇÃO SÃO BENTO, Porto

Estação São Bento Foto: Reprodução

Estação São Bento
Foto: Reprodução

GRAND CENTRAL STATION, Nova York

Grand Central Station Foto: Reprodução

Grand Central Station
Foto: Reprodução

CHHATRAPATI SHIVAJI STATION, Muambai

Chhatrapati Shivaji Station Foto: Reprodução

Chhatrapati Shivaji Station
Foto: Reprodução

LIEGE-GUILLEMIN STATION, Liege

Liege-Guillemin Station Foto: Reprodução

Liege-Guillemin Station
Foto: Reprodução

SOUTHERN CROSS RAILWAY, Melbourne

Southern Cross Railway Foto: Reprodução

Southern Cross Railway
Foto: Reprodução

Sonhadora, viajante, apaixonada pela vida. Sara Meirinho é assistente de redação do Magari blu, consultora de viagens e exploradora em tempo integral. Acredita que os maiores erros que podemos cometer na vida são levar, na bagagem, roupas demais e sonhos de menos.