5 dicas para evitar bichos dentro do seu quarto no safári

Os lodges de safári, estejam em qualquer continente, desde o mais custo-benefício até o mais luxuoso, estão sempre localizados em meio à natureza.

Já me deparei com aranhas, escorpiões, dezenas de formigas e pererecas… Inofensivos ou nocivos, estes são apenas alguns dos exemplos de animais que podem entrar no seu quarto sem seu convite, como já aconteceu comigo. Mas existem algumas providências que evitam surpresas desagradáveis.

Confira 5 dicas para dormir e acordar em paz em um lodge de safári:

*Portas fechadas – sempre

A melhor maneira de evitar que bichinhos e bichões entrem no seu quarto é deixando sempre a porta e as janelas do quarto fechadas, esteja você dentro ou fora dele, seja dia ou seja noite, faça chuva ou faça sol. Jamais deixe nem uma frestinha aberta.

Claro que você pode sair do quarto, ir até a varanda ou então até tomar um banho no chuveiro externo, se houver. Mas as portas e as janelas devem ser mantidas o tempo todo fechadas. E trancadas, pois macacos sabem abrir portas, viu?!

*Verificação de sapatos e toalhas

Nunca vista um par de sapatos sem antes dar uma batidinha neles, virados para baixo, no chão. Principalmente botas de cano alto, que podem camuflar até uma cobra! Segure os sapatos, um a um, de cabeça para baixo, chacoalhe e bata o solado no piso, para verificar se não há nada dentro antes de colocar seus pés ou de guardá-los na mala.

Ao sair do banho, sempre dê uma checada na toalha, uma sacudida boa no ar, e uma passada de olhos minuciosa para também evitar que algum animalzinho (ou vários deles) estejam prontos para saltar da superfície da toalha para a do seu corpo!

*Inspeção noturna

Antes de vestir o pijama e se jogar na cama convidativa de um lodge de safári, acenda todas as luzes do quarto, pegue uma lanterna (se não tiver em mãos, pode ser a do celular) e dê uma inspeção geral no quarto. Locais que não podem ficar de fora: embaixo da cama, atrás da cama, embaixo do travesseiro, entre lençol e edredom. Algum bichinho danado pode estar escondido bem onde você vai dormir e você não vai querer acordar com uma surpresa!

Comigo já aconteceu de uma centena de formiguinhas africanas invadirem minha cama e meu travesseiro – não me picaram, mas acordei as sentindo no meu braço e foi um pesadelo, uma noite inteira em claro com receio de elas voltarem.

*Evite deixar malas e armários abertos

Por incrível que pareça, não são raras as histórias de pessoas que carregam bichos dentro da mala sem nem saber, porque entram nas suas coisas e não veem, só quando forem puxar algo que está dentro da bagagem.

Lá em casa até marimbondo já saiu voando de dentro de uma mala depois de uma viagem, acredita?! Para evitar um susto desses, procure manter sempre seus pertences fechados e cobertos.

*Abra o mosquiteiro da cama para dormir 

Se o quarto em que você estiver hospedado contar com um mosquiteiro, saiba que existe uma razão para tanto, além do charme que dá à cama.

Abra o mosquiteiro antes de se deitar, mesmo que a camareira não o tenha feito, pois ele funciona como mais uma barreira física para evitar que seres estranhos cheguem em você durante a noite. Eu mesma já acordei com uma aranha bem grandinha do lado de fora do cortineiro e agradeci estar dormindo protegida sob este véu!

Lodge de safári em Botswana
Foto: Ana Maria Junqueira

Lembre-se, ainda, que alguns (ou todos) os cuidados acima podem ser aplicados também em viagens para o campo, não só em lodges de safári.

Fale conosco para organizar a sua viagem:

[email protected] 

Ana Maria Junqueira é a idealizadora do blog Magari Blu e fundadora da premiada agência de viagens Magari Blu Viagens. Escreve sobre viagens, faz a curadoria de todo o conteúdo que você vê por aqui e organiza roteiros personalizados e reservas.