Novidades por e-mail
Menu Categorias
2

Tanzânia: Serengeti e Cratera Ngorongoro

Destinos

14 abr 2015 Publicado por

Viagens pela África por Fernanda Fleury

Localizado ao norte da Tanzânia, o Serengeti é uma das 7 maravilhas da África. As planícies, que parecem intermináveis, são palco de um dos espetáculos mais lindos da natureza: a migração de aproximadamente 1.7 milhão de gnus e de 260.000 zebras, que chegam nessa área do continente entre os meses de janeiro a março em busca de pastos verdinhos para se alimentarem.

Além disso, é lá que se concentra a maior população de leões do mundo, sendo o melhor local para observação da espécie em seu habitat natural. Não é à toa que o desenho da Disney “O Rei Leão” acontece nesse cenário maravilhoso.

Tanzânia Foto: Fernanda Fleury

Tanzânia
Foto: Fernanda Fleury

Vôos saem diariamnete de Johannesburgo com destino a Nairobi (no Quênia) ou Dar es Salaam (na Tanzânia). E, de lá, para Arusha ou para o Aeroporto Internacional do Kilimanjaro, de onde se segue até o Parque Nacional do Serengeti de avião privado.

Existem dois pontos que não podem faltar na sua visita: a Cratera de Ngorongoro e o Parque Nacional do Serengeti. Recomendo no mínimo uma noite na cratera (com pelo menos um dia inteiro de safári por lá) e 3 noites no Parque Nacional. Se você gosta de bichos e tem tempo disponível, minha sugestão é não pensar duas vezes e ampliar os dias de sua estadia em ambos destinos.

Cratera Ngorongoro

É impossível explicar a beleza da cratera de Ngorongoro. O lugar é lindo demais! Patrimônio da UNESCO, a cratera é uma enorme caldeira vulcânica que hoje se encontra inativa e intacta pelo homem. Formou-se há milhares de anos após a explosão de um vulcão.

São 610 metros de profundidade e 260 quilometros quadrados de área. O mais interessante é que existe uma enorme variedade de animais dentro desta cratera (os Big Five estão por lá), que encontraram o ambiente ideal para morar. A paisagem é espetacular e a quantidade de animais é de assustar! Além do fato de estar em um lugar completamente cercado por uma cadeia de montanhas. Vale cada segundo!

Ngorongoro Foto: Fernanda Fleury

Gnus em Ngorongoro
Foto: Fernanda Fleury

Paga-se para descer até a cratera (aproximadamente USD 50 dólares por pessoa, por descida), e é possível ficar por lá o dia todo e até fazer piquenique debaixo de alguma árvore! Imperdível! O ideal é contratar uma empresa com guia especializado que fará todo o trâmite de pagamento de taxas e ainda servirá de guia e motorista. Uma boa empresa faz toda a diferença no ritmo de sua viagem.

Alguns hotéis bacanas estão localizados na boca do vulcão, com uma vista maravilhosa para a cratera. É o caso da rede de hotéis Serena e &Beyond.

De lá, segue-se de carro até o Parque Nacional do Serengeti (aproximadamente 3 horas de carro até a entrada do parque). O legal é que neste trajeto você poderá avistar diversos animais como girafas e elefantes, além de inúmeras tribos de masaai, o povo local e bem característico da Tanzânia.

Parque Nacional do Serengeti

Provavelmente é este cenário de savana na África que você viu no Discovery Channel ou no National Geographic! O Parque Nacional do Serengeti é o lugar mais famoso para safári do mundo! E é ali que se acompanha a migração dos gnus nos meses de janeiro a março, como mencionado acima.

Serengeti Foto: Fernanda Fleury

Leão no Serengeti
Foto: Fernanda Fleury

Mas não desista se você não puder chegar a tempo da migração. O parque tem muita vida e milhares de animais que farão da sua viagem algo inesquecível!

Os Big Five estão por lá (rinoceronte, elefante, leão, leopardo e búfalo), além de milhares de outras espécies como gazelas, zebras, girafas, chetas (os guepardos), hipopótamos, hienas, warthog (o pumba, de “O Rei Leão”), entre outros. A paisagem é de perder de vista. A grama alta e dourada e as milhares de acácias (aquelas árvores achatadas no topo, bem típicas do continente) tornam o cenário inspirador e cheio de energia.

Serengeti Foto: Fernanda Fleury

Búfalos no Serengeti
Foto: Fernanda Fleury

Aproveite para explorar bem o local, ter bastante disposição, “olhos de lince” para avistar tudo, e tenha uma máquina fotográfica com bastante espaço para fotos.

Serengeti Foto: Fernanda Fleury

Guepardo no Serengeti
Foto: Fernanda Fleury

Serengeti Foto: Fernanda Fleury

Hiena no Serengeti
Foto: Fernanda Fleury

Existem diversos hotéis dentro do parque. Meu conselho é que reservar um no estilo tented camp, ou seja, cabanas de luxo, que dão um charme especial para a viagem, além de proporcionarem uma experiência única. Mas não fique preocupado se você nunca acampou, porque o esquema é completamente diferente.

As cabanas são muito luxuosas, com cama, chuveiro com água quente e muita mordomia! Além disso, você estará cercado de animais (sempre com máxima vigilância dos funcionários do hotel) e, à noite, poderá escutar os barulhos na mata, bem de pertinho! Super bacana!

Recomendo o lodge 5 estrelas Serengeti Pioneer, do Elewana Collection. É um charme e o serviço, maravilhoso. O casal Tom e Alison, que gerenciam o local, são adoráveis e farão de tudo para que sua estadia por lá seja ainda mais proveitosa! Não deixe de tomar um bom vinho no lounge do hotel (que é na verdade um mirante) e assistir ao inesquecível pôr do sol – para fechar o dia perfeito na savana africana! Para guardar na memória.

*Dica: combinar o Serengeti com Zanzibar é o roteiro perfeito para lua de mel ou uma viagem dos sonhos, pois reúne um excelente safári com cenário maravilhoso e romântico de praia.

Fernanda Fleury é publicitária e em 2012 mudou-se para Joanesburgo na África do Sul. Desde então, tem mergulhado na cultura e nos destinos maravilhosos no continente africano. Em sua coluna, divide com os leitores as suas viagens e dicas, desde os roteiros mais tradicionais aos passeios exóticos e inusitados pelos vários países da África.

Comentários

  1. Fernanda,

    Qual é a melhor época do ano para ir? Quero combinar com zanzibar!
    Bj

    • Ola Erika, tudo bom? Acredito que os meses de janeiro ou outubro são os mais favoráveis, já que não é a época de chuva. Você conseguirá tirar bom proveito dos dois destinos! Abs

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.