Novidades por e-mail
Menu Categorias
0

Roteiro pela Carretera Austral no Chile

Destinos

25 set 2017 Publicado por

Viagens pela América Latina por Roberto Farkas Bitelman

Esta é uma viagem incrível pelo Chile, mais precisamente pela Carretera Austral, a mais emblemática estrada do país.

Apesar de sua importância política e logística, vou focar na parte turística desta estrada, que contempla alguns tesouros hoteleiros, pouco conhecidos pelo turismo convencional.

Começamos nossa jornada pela região dos Lagos Chilenos, mais precisamente do aeroporto de Puerto Montt, de onde tomamos um ferry de aproximadamente 2 horas e chegamos na isolada Ilha de Chiloé, paraíso dos frutos do mar, com cultura bem forte e costumes antigos quase intactos.

Artesanato em Chiloé
Foto: Divulgação

Por ali, fizemos um lindo passeio de barco, caminhadas, pedaladas e muito contato com a cultura local. Legal pra ficar 3 noites e minha sugestão é o Tierra Chiloé.

Tierra Chiloé
Foto: Divulgação

Em seguida, voltamos para o continente, de onde pegamos um carro e começamos a rota pela Carretera Austral, rumo a região de Puelo, onde está o Barraco Lodge.

Barraco Lodge
Foto: Divulgação

Com apenas 8 quartos e hospedagem bastante aconchegante, o hotel oferecer ótimas opções de atividades, com destaque para alguns passeios de helicóptero (o hotel conta com 3), que podem levar os viajantes para um dia de esqui fora de pista, para pescarias em lagos “inalcançáveis” ou ainda um piquenique num lugar totalmente deserto e impressionante. Aqui também recomendo 3 ou 4 noites.

Helicóptero do Barraco Lodge
Foto: Divulgação

Nosso próximo destino foi o pequeno e exclusivo Pata Lodge, que pertence a um grupo de jovens sócios brasileiros, e é um paraíso para rafting e outras atividades de rio, além de ter cenários deslumbrantes, que variam muito conforme as estações (mas todos lindos).

Pata Lodge
Foto: Divulgação

São apenas 6 quartos; perfeito para uma escapada romântica ou curtir com crianças.

Pata Lodge
Foto: Divulgação

Mas para chegar no Pata Lodge vindo de Puerto Montt ou do Barraco Lodge, recomendo antes 1 noite no Parque Nacional Pumalin, já que, além de espetacular, esta parada quebra a viagem de carro em 2 trechos de 3 a 4 horas, muito mais agradável do que passar o dia todo dirigindo. Em Pumalin, sugiro o Cabañas Caleta Gonzalo, que não é sensacional, mas agradável e confortável.

Voltando ao Pata Lodge, onde passamos também 3 noites, tomamos o carro novamente e seguimos para o último ponto da Carretera Austral onde nos hospedamos, que foi o Puyuhuapi Lodge & Spa, um hotel à beira de um lago, onde só se chega de barco.

Cenário natural impressionante! Assim como todos os trechos anteriores que mencionei, para chegar do Pata Lodge em Puyuhuapi são aproximadamente 4 horas de carro, que também é o tempo que se leva dirigindo de lá até o aeroporto de Balmacedo, de onde voamos de volta para Santiago.

Fale conosco para organizar a sua viagem:

contato@magariblu.com

Administrador especializado em Comportamento do Consumidor, Roberto Farkas Bitelman está no ramo de viagens há 17 anos e seu trabalho é focado em destinos no Brasil e América Latina. Ë fundador do selo SUL Hotels, que reúne os melhores hotéis independentes da América Latina, e sócio dos restaurantes Le Jazz em São Paulo. Sua grande paixão é descobrir os melhores lugares para se hospedar, comer e visitar pelo nosso continente e é esse o assunto tratado por Roberto no Magari Blu.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.