Novidades por e-mail
Menu Categorias
0

Dwarika’s Resort em Dhulikhel no Nepal

Onde ficar

24 mar 2017 Publicado por

O Dwarika’s Hotel – leia mais aqui – é considerado o melhor hotel de Kathmandu, um verdadeiro oásis no agito da capital nepalesa. Mas o grande encanto mesmo, do tipo que nos tira o fôlego, é proporcionado pela propriedade irmã, Dwarika’s Resort, que fica fora da cidade, em Dhulikhel.

Dwarika’s Resort
Foto: Ana Maria Junqueira

A proposta principal do Dwarika’s Resort é bem-estar, de corpo e de alma. Aqui, esqueça quaisquer planos de passear por Kathmandu, pois fica a 1h20 do aeroporto de Kathmandu.

Por isso, recomendo a experiência para combinar com o Dwarika’s Hotel, depois de explorar a cidade, para então se desconectar do mundo externo e conectar-se consigo mesmo e com a natureza aqui da região dos Himalaias.

Dwarika’s Resort
Foto: Ana Maria Junqueira

Espere encontrar um retiro de lifestyle holístico, baseado na filosofia dos antigos povos dos Himalaias. São diversas atividades oferecidas que, por si só, já são bem atrativas.

Dwarika’s Resort
Foto: Ana Maria Junqueira

Entretanto, a localização do hotel e a cordialidade da staff complementam a experiência de tal forma que você pode considerar este hotel como um daqueles refúgios dos sonhos, de onde saímos certamente melhores do que entramos!

A vista para os Himalaias no Dwarika’s Resort
Foto: Ana Maria Junqueira

São 40 suítes muito amplas, entre 100 e 300 metros quadrados, com terraço e vistas lindas para a cordilheira.

Suíte do Dwarika’s Resort
Foto: Ana Maria Junqueira

Suíte do Dwarika’s Resort
Foto: Ana Maria Junqueira

Suíte do Dwarika’s Resort
Foto: Ana Maria Junqueira

Rooftop de suíte do Dwarika’s Resort
Foto: Ana Maria Junqueira

Rooftop de suíte do Dwarika’s Resort
Foto: Ana Maria Junqueira

Suíte do Dwarika’s Resort
Foto: Ana Maria Junqueira

Detalhe da suíte do Dwarika’s Resort
Foto: Ana Maria Junqueira

Suíte do Dwarika’s Resort
Foto: Ana Maria Junqueira

O hotel oferece, ainda, 3 restaurantes, tea lounge, bar, biblioteca, academia, espaços destinados para oficina de cerâmica, meditação, yoga, aulas de culinária, terapia com sal do Himalaia (para inalação do ar com seus minerais e propriedades medicinais), além de uma piscina dos sonhos e spa village.

Varanda do restaurante do Dwarika’s Resort
Foto: Ana Maria Junqueira

Jantar nepali ni Dwarika’s Resort
Foto: Ana Maria Junqueira

Reprodução de stupas budistas no Dwarika’s Resort
Foto: Ana Maria Junqueira

Piscina do Dwarika’s Resort
Foto: Ana Maria Junqueira

Piscina do Dwarika’s Resort
Foto: Ana Maria Junqueira

Área da piscina do Dwarika’s Resort
Foto: Ana Maria Junqueira

Spa do Dwarika’s Resort
Foto: Ana Maria Junqueira

Steam box: a “caixa” serve de sauna
Você se sente dentro, as portinhas fecham e só a cabeça fica de fora
enquanto o vapor é introduzido dentro da caixa
Foto: Ana Maria Junqueira

Aqui fiz minha primeira consulta com uma médica ayurveda, que traçou com precisão minha personalidade e receitou tipos de comidas a consumir e a evitar, comportamentos repetitivos a observar e outras características que me deixaram me sentindo uma “ignorante ocidental”.

Recomendo fazer esta consulta lá, responder sem receio as perguntas e estar 100% aberto a ouvir o que a doutora tem a dizer, pois seus conselhos podem trazer mais equilíbrio à sua vida. Depois, ela encaminha a você por e-mail um resumo da consulta, o que facilita a lembrar e seguir o que foi proposto.

Detalhe da sala da médica ayurveda no Dwarika’s Resort
Foto: Ana Maria Junqueira

Aqui, a cada dia da semana é atribuída uma cor diferente, crença herança dos povos gregos e romanos até a civilização hindu, por acreditarem no poder das cores para induzir a um determinado estado de espírito ou para refletir certas emoções.

Assim, é o dia da semana que determina a cor das almofadas da decoração do hotel (sim, são trocadas diariamente por isso) e todos os funcionários usam uma echarpe com a cor do dia enrolada no pescoço.

Terça-feira é dia de amarelo no Dwarika’s Resort
Foto: Ana Maria Junqueira

E quarta-feira é dia de verde!
Foto: Ana Maria Junqueira

Inclusive, na véspera, a mesma echarpe é deixada no quarto para que você possa também usar da cor do dia a seu favor. Não é o máximo?!

A echarpe da cor do dia seguinte no Dwarika’s Resort
Foto: Ana Maria Junqueira

Mensagens de grandes pensadores se encontram espalhadas por toda a propriedade, que fazem com que você tome um minutinho durante a caminhada para refletir sobre a frase que acabou de ler.

Como o hotel é bastante espalhado e com diferentes elevações, é possível caminhar por aqui ou solicitar um carrinho de golfe para levá-lo de um ponto a outro.

Dwarika’s Resort
Foto: Ana Maria Junqueira

O Dwarika’s Resort tem também uma preocupação louvável com o meio-ambiente; faz reuso de lixo e papel, reciclagem, conservação de águas e uso de energia solar, tem sua própria produção orgânica de grãos, vegetais, legumes e ervas, que é utilizada no hotel e na propriedade de Kathmandu, além da utilização de dispositivos para economizar energia, entre outras práticas.

Dwarika’s Resort
Foto: Ana Maria Junqueira

Chega a ser difícil pensar em outro hotel em que eu já tenha estado antes que tenha me proporcionado tamanho bem-estar em tantos níveis diferentes, com serviço primordial – e a energia dos Himalaias faz toda a diferença. Recomendo 4 noites (ou mais) no Dwarika’s Resort, ao final da sua viagem.

Dwarika’s Resort
Foto: Ana Maria Junqueira

Testado e superaprovado por Magari Blu!

Fale conosco para organizar a sua viagem:

contato@magariblu.com 

Ana Maria Junqueira é a idealizadora do blog Magari Blu e fundadora da premiada agência de viagens Magari Blu Viagens. Escreve sobre viagens, faz a curadoria de todo o conteúdo que você vê por aqui e organiza roteiros personalizados e reservas.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.