Novidades por e-mail
Menu Categorias
0

Belmond La Samanna Hotel em Saint Martin

Onde ficar

9 jun 2016 Publicado por

Hotéis de luxo por Lala Rebelo

Localizado na porção francesa, o Belmond La Samanna é o único hotel 5 estrelas de toda a ilha de Saint Martin. E dentro dessa frase cabem muitas outras características incomparáveis.

A começar por sua localização: Baie Longue – uma das mais extensas praias de Saint Martin, com areia branquinha, mar com água calma e azul turquesa e ambiente tranquilo.

Aliás, tranquilidade é o traço mais marcante do lado francês dessa ilha, dividida entre dois países (França e Holanda). Se você está viajando em busca de relaxamento, exclusividade, muito conforto e até mesmo um certo isolamento, não há lugar melhor para ficar.

Baie Longue Foto: Lala Rebelo

Baie Longue
Foto: Lala Rebelo

Baie Longue Foto: Lala Rebelo

Baie Longue
Foto: Lala Rebelo

Quartos & villas

Todos os 83 quartos do hotel (guestrooms, suítes com 1 ou 2 quartos e cottages com 3 quartos) e as 8 villas (com 3 ou 4 quartos) estão de frente para o mar. Isso significa não apenas já começar o dia com muito azul turquesa nos olhos, mas também entardecer assistindo ao pôr do sol de camarote.

Pôr do sol na piscina privativa da Villa Foto: Lala Rebelo

Pôr do sol na piscina privativa da Villa
Foto: Lala Rebelo

Os quartos (guestrooms, suites e cottages) são espaçosos e aconchegantes, com decoração em tons de branco e bege, já pedindo por uma reforma (pelo menos os quartos que visitei). Mas gostei da parte externa. São várias casinhas brancas, muito graciosas, que te transportam para algum lugar da costa do Mar Mediterrâneo.

Quarto Foto: Lala Rebelo

Quarto
Foto: Lala Rebelo

Vista externa dos quartos Foto: Lala Rebelo

Vista externa dos quartos
Foto: Lala Rebelo

Já em relação às villas, esse é um tipo de acomodação que, ao meu ver, não há o que tirar nem por. Simplesmente impecável!

Villa Foto: Lala Rebelo

Villa
Foto: Lala Rebelo

São casas enormes com mais de 1400 m² de área, super privativas (têm portões e entradas independentes), com 3 ou 4 quartos, salas de jantar, estar e cozinha extremamente espaçosos, distribuídos em 2 andares.

Living room da Villa Foto: Lala Rebelo

Living room da Villa
Foto: Lala Rebelo

Quarto na Villa Foto: Lala Rebelo

Quarto na Villa
Foto: Lala Rebelo

Banheiro da Villa Foto: Lala Rebelo

Banheiro da Villa
Foto: Lala Rebelo

E, para completar, a casa é rodeada de jardins, varandas amplas (cada quarto tem a sua) e uma piscina privativa. Tudo muito bem decorado, de um jeito leve, descontraído e cheio de cor e, ainda assim, muito elegante. Opção sem erro no La Samanna.

Piscina privativa da Villa Foto: Lala Rebelo

Piscina privativa da Villa
Foto: Lala Rebelo

Cada villa conta com um mordomo e o café da manhã pode ser servido ali mesmo e o cardápio deve ser definido no dia anterior. Também é possível solicitar outras refeições especiais, pagando separadamente.

De qualquer forma, achei mais interessante, prático e completo o café da manhã oficial do próprio La Samanna (os hóspedes das villas podem usufruir de toda a estrutura do resort). Os amenities são da L’Occitane En Provence.

Café da manhã servido na Villa Foto: Lala Rebelo

Café da manhã servido na Villa
Foto: Lala Rebelo

Comes & bebes 

A parte gastronômica do Belmond La Samanna entra como um destaque. Come-se MUITO BEM neste hotel.  A experiência positiva já começa no café da manhã, que é servido em um ambiente ao ar livre com uma bela vista do mar e de uma das piscinas (a maior delas). Tipo de serviço: buffet + pratos à la carte.

Vista do café da manhã Foto: Lala Rebelo

Vista do café da manhã
Foto: Lala Rebelo

O Beach Bar (que, como o nome diz, fica na praia) é mais casual e tem um menu de almoço bem diverso, com saladas, massas, carnes e frutos do mar. Ali também é possível pedir drinks e comidinhas o dia todo, até mesmo dentro da água, pois a piscina de borda infinita fica no mesmo ambiente, a poucos passos do mar.

Beach Bar Foto: Lala Rebelo

Beach Bar
Foto: Lala Rebelo

Beach Bar Foto: Lala Rebelo

Beach Bar
Foto: Lala Rebelo

Camarões grelhados com arroz creole servido no Beach Bar Foto: Lala Rebelo

Camarões grelhados com arroz creole servido no Beach Bar
Foto: Lala Rebelo

Tradicionais Accras servidos no Beach Bar Foto: Lala Rebelo

Tradicionais Accras servidos no Beach Bar
Foto: Lala Rebelo

O restaurante Trellis é a opção mais formal do hotel, com ambiente interno e externo (sentar no terraço, com vista, é muito mais agradável, na minha opinião). Gastronomia francesa com toques locais e abre apenas no jantar.

E, por último, mas não menos importante (pelo contrário!) temos o La Cave, que é a “cereja do bolo”. Sério… Tente ao máximo jantar nesse lugar!

Fica na adega subterrânea do hotel e é preciso reservar com antecedência, pois o ambiente é bem exclusivo, para apenas de 2 até 15 pessoas. Prepare-se para um menu degustação delicioso com 6 pratos, tudo harmonizado com vinhos (existe também a opção sem vinhos). Uma das melhores refeições de toda a viagem, sem dúvidas.

La Cave Foto: Lala Rebelo

La Cave
Foto: Lala Rebelo

La Cave Foto: Lala Rebelo

La Cave
Foto: Lala Rebelo

Ravioli de lagosta e caranguejo no La Cave Foto: Lala Rebelo

Ravioli de lagosta e caranguejo no La Cave
Foto: Lala Rebelo

Sobremesa no La Cave Foto: Lala Rebelo

Sobremesa no La Cave
Foto: Lala Rebelo

Os menus dos dois restaurantes, Trellis e La Cave, são assinados pelo chef Serge Gouloumès.

Infraestrutura & Comodidades

Além das piscinas privadas das villas e das jacuzzis de alguns quartos, o La Samanna dispõe de duas lindas piscinas para todos os hóspedes. A principal, bem grandona, tem 9 metros de comprimento e fica pertinho do local onde é servido o café da manhã. A água é levemente aquecida. Apesar de estar próxima à praia, não tem vista. Dispõe de espreguiçadeiras ao seu redor.

Piscina principal Foto: Lala Rebelo

Piscina principal
Foto: Lala Rebelo

A segunda piscina, e a mais prazerosa, na minha opinião, é bem menor, porém tem borda infinita com uma bela vista da praia (piscinas com borda infinita são imbatíveis!!).

Piscina com borda infinita Foto: Lala Rebelo

Piscina com borda infinita
Foto: Lala Rebelo

O SPA do hotel é pequeno e aconchegante, e oferece vários tipos de tratamento corporais, faciais e massagens. As salas estão equipadas com ducha externa. Acho que seria gostoso tomar um banho em meio à natureza após uma sessão, mas não experimentei (experimentei apenas uma swedish massage de 50 minutos, que foi ótima. A chuveirada ficou para a próxima ida!). O SPA também é aberto para não-hóspedes, com reserva prévia.

Os mais esportistas estão bem servidos no hotel, pois há 3 quadras de tênis profissionais (raquetes são oferecidas gratuitamente) e uma academia bem equipada com aparelhos TechnoGym.  Não há sauna.

A área do hotel é enorme (são 22 hectares / ou 55 acres), mas para os que querem descanso até mesmo das caminhadas, não há porque se preocupar, pois o La Samanna conta com vários carrinhos de golf que podem te transportar de um lugar ao outro.

Mordomo e carrinho de golf Foto: Lala Rebelo

Mordomo e carrinho de golf
Foto: Lala Rebelo

Esportes aquáticos não motorizados, como caiaques, um pequeno veleiro (Hobie Cat) e equipamentos de snorkel estão incluídos na diária, e você pode usá-los quando quiser. O resort também pode providenciar outras atividades (pagas separadamente), como mergulho com cilindro, pescaria, passeios de barco, de jet-ski, wakeboard, esqui, banana-boat etc.

Esportes náuticos Foto: Lala Rebelo

Esportes náuticos
Foto: Lala Rebelo

Dicas & informações extras 

•    Crianças são bem-vindas. O hotel tem ambiente bem familiar.
•    Recomendo alugar um carro já que o La Samanna está afastado de atrações interessantes como Grand Case (local com maior concentração de bons restaurantes da ilha) e Orient Bay (a praia mais animada e com melhor infraestrutura).
•    Estacionamento gratuito disponível no local.
•    A localização é ótima para quem quer chegar rápido ao hotel assim que puser os pés em St. Martin! O La Samanna está a apenas 5km do Aeroporto Internacional Princess Juliana.
•    É possível solicitar serviço de pick-up no aeroporto (custo adicional).
•    Internet wi-fi grátis por todo o hotel (e funciona bem).
•    O dress code é informal – você se sentirá bem circulando pelo hotel apenas com uma saída de praia, shorts e camiseta, com sandálias nos pés. A noite, se for jantar no Trellis ou no La Cave, é necessário estar mais bem vestido (salto opcional). O que não pode faltar é um casaco ou uma pashmina para não passar frio no ambiente gelado devido ao ar-condicionado.
•    As boutiques do hotel têm produtos lindíssimos e bem originais, como saídas de praias e acessórios. Reserve um lugarzinho na mala para fazer uma comprinha!
•    O jeito mais fácil de chegar a St. Martin (SXM) vindo  do Brasil é via Cidade do Panamá (PTY) pela Copa Airlines.

Minhas impressões

1. As villas são realmente impressionantes, principalmente por causa do tamanho dos ambientes e da decoração impecável.

2. Entrar no lobby do hotel também arranca suspiros, pois você dá de cara com um mar MUITO azul turquesa no horizonte, adornado com um lustre clássico e um espelho d’água. Não à toa, essa imagem é o cartão postal do Belmond La Samanna.

Um hotel para dizer UAU durante toda a sua estadia. Dias de muito descanso esperam por você.

Testado e aprovado pelo Magari Blu!

Fale conosco para organizar a sua viagem:

contato@magariblu.com

Lala Rebelo é autora do blog de viagens lalarebelo.com, publicitária e apaixonada por marketing de luxo. Já morou em 6 países e viajou para mais de 50. No Magari Blu, escreve sobre os hotéis incríveis que descobre em suas viagens pelo mundo, aqueles que transformam uma simples estadia em uma experiência memorável.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.